Archive for fevereiro 8th, 2021

Hemonorte lança campanha ‘Van solidária’ para transportar gratuitamente grupo de doadores de sangue em Natal

Van solidária Hemonorte — Foto: Divulgação
Van solidária Hemonorte — Foto: Divulgação

O Hemocentro vai lançar na próxima terça-feira (9) o projeto “Van solidária”, que tem o objetivo de transportar gratuitamente grupos de doadores de sangue de 10 até 12 pessoas.

O projeto faz parte das ações de campanha de doação de sangue para o período de carnaval.

Segundo o Hemonorte, há a intenção de fidelizar novos doadores com este transporte gratuito de grupos entre 10 e 12 pessoas. Neste primeiro momento, o serviço estará disponível apenas para empresas e instituições localizadas em Natal e Região Metropolitana.

Para participar, o doador deve ligar com antecedência de uma semana para o telefone 3232-6724 ou enviar e-mail para o: hemodat@rn.gov.br.

“Esperamos que com essa ação consigamos alavancar o estoque de sangue, que continua baixo. Vale ressaltar que os interessados em participar devem atender os requisitos básicos para ser um doador. Após a realização da doação, a van deixa o grupo no mesmo local onde embarcou”. Falou a Diretora de Apoio Técnico, Miriam Mafra.

Critérios básicos para ser um doador de sangue:

  • Ter idade entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos devem possuir consentimento formal do responsável legal);
  • Pesar no mínimo 50 kg;
  • Estar alimentado. Evite alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação;
  • Caso seja após o almoço, aguardar 2 horas;
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;
  • Apresentar documento de identificação com fotografia, emitido por órgão oficial. (Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, Passaporte, Registro Nacional de Estrangeiro, Certificado de Reservista ou Carteira Profissional emitida por classe);
  • Para os menores de 18 anos, é necessário o consentimento e a presença do responsável e, entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos;
  • A frequência máxima é de quatro doações anuais para o homem e de três doações anuais para a mulher. O intervalo mínimo deve ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

G1RN

Presidente da AL garante apoio à manutenção do concurso da Polícia Civil

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), garantiu apoio para a manutenção do concurso da Polícia Civil nas datas previstas em edital. O certame está agendado para os dias 7 e 14 de março. Para evitar questionamentos jurídicos, um projeto de lei foi encaminhado para a Casa permitindo a realização do concurso durante a pandemia, o que seria proibido pelo decreto de calamidade prorrogado pelo Governo do Estado no início do ano.

“As pautas relacionadas à segurança pública estão sempre entre as prioritárias desta Casa e não será diferente desta vez. Vamos em breve iniciar os trabalhos nas comissões parlamentares e tentar o quanto antes resolver esta situação. O concurso da Polícia Civil é importante para o Estado e, principalmente, para os cidadãos potiguares, que estão sofrendo com a insegurança”, disse Ezequiel Ferreira.

Segundo o delegado Fábio Montanha, chefe de pessoal da Polícia Civil e membro da comissão organizadora do concurso, o objetivo do projeto entregue para votação da Assembleia Legislativa é evitar qualquer ruído ou dúvida sobre a realização do concurso em meio a pandemia. “A expectativa é dirimir qualquer questionamento, evitar problemas jurídicos e esclarecer a situação. O concurso está sendo pensado há meses, com o máximo respeito aos protocolos sanitários e estamos empenhados na sua realização na data prevista”, disse.

O concurso da Polícia Civil do RN recebeu mais de 60 mil inscrições. O órgão está há mais de 10 anos sem realizar certames o que acabou reduzindo o efetivo de homens à disposição da Segurança Pública do Estado. Segundo números da Associação de Delegados da Polícia Civil do RN (Adepol), a atual quantidade de servidores do setor é correspondente apenas a 26% do necessário. Ou seja, das mais de 5 mil vagas disponíveis, apenas 1,3 mil estão ocupadas por servidores. 

“A realidade da Polícia Civil é crítica. Muitos policiais estão também aptos a aposentar. É difícil superar etapas e, por isso, viemos pedir mais uma vez a ajuda do deputado Ezequiel Ferreira e da Assembleia Legislativa, que sempre tem sido muito sensível às causas da segurança. Estamos otimistas em conseguir resolver mais esta situação”, disse a presidente da Adepol, Tais Aires Telino. 

O encontro ainda contou com a presença da presidente do Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol-RN), Edilza Faustino, que também faz parte da comissão organizadora do concurso, e de Fernando Maia, chefe do gabinete parlamentar do presidente Ezequiel Ferreira.

Projeto que reconhece Brejinho como a Terra da Farinha do RN agora é lei

Agora é lei: O município de Brejinho está oficialmente reconhecido como a Terra da Farinha do RN. O Projeto de Lei sancionado pelo Governo Estadual é de autoria do deputado Kleber Rodrigues (PL), que comemorou a iniciativa.

“O município do nosso Agreste potiguar agora é reconhecido estadualmente por sua história, tradição e grandeza na produção de farinha. Esse reconhecimento é mais que um orgulho, é um marco cultural oficialmente comemorado por todo o povo brejinhense”, enalteceu o deputado.

Com o projeto, o deputado reconhece a grandeza cultural da farinha de mandioca e os reflexos na sociedade potiguar destacando a contribuição para o município. “Brejinho nasceu e se desenvolveu sob influência desta atividade econômica. Por isso achei necessário apresentar o projeto de lei para dar esse título importante ao município da Região Agreste” disse Kleber.

Na justificativa do seu projeto, o parlamentar destacou ainda que a iniciativa reconhece a grandeza cultural da farinha bem como a contribuição do complexo mandioqueiro como centro aglutinador e de consolidação de muitas comunidades rurais que nasceram e se desenvolvem sob influência das casas de farinha, promovendo sua própria história.

“Devemos entender o crescente reconhecimento de comidas, sabores e práticas alimentares como patrimônio cultural, tanto por agências internacionais, como a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), como nacionais, como o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)”, finalizou Kleber Rodrigues.

George Soares é indicado líder do bloco parlamentar do Partido Liberal na AL

Os blocos partidários dos deputados estaduais que compõem a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte estão começando a se organizar nesta nova legislatura. Os parlamentares do Partido Liberal (PL) se reuniram e indicaram o deputado estadual George Soares para ser o líder do bloco do PL na ALRN. O vice-líder será o deputado estadual Kleber Rodrigues (PL).

“Quero agradecer aos amigos deputados Kleber Rodrigues e Ubaldo Fernandes pela indicação e confiança para liderar o nosso partido na Casa do Povo Potiguar. Estamos juntos!”, disse George Soares.

Durante sessão ordinária desta quinta-feira (4), o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), convocou para a próxima terça-feira (09), às 9h30, na sala de reuniões dos deputados, uma reunião de lideranças, a fim dos líderes opinarem sobre a fixação do número de membros de cargo em comissão, bem como sobre a representação das bancadas nas comissões permanentes.

O presidente informou também que, finalizada esta reunião, ele convocará uma reunião da Mesa Diretora da ALRN para que se possa deliberar sobre o número de membros das comissões permanentes.

Na forma do art. 90, do Regimento Interno, fixado o número, os líderes deverão comunicar os nomes dos membros das respectivas bancadas, bem como titulares e suplentes que irão integrar as comissões permanentes. 

“Gostaria que os blocos partidários já pudessem fazer a indicação dos líderes para que eles possam participar da reunião na terça-feira. Os partidos que ainda não fizeram, que possam encaminhar para o setor legislativo esta indicação”, alertou o presidente da Casa Legislativa.

Itep faz perícia em botijões de gás encontrados em escombros após explosão e desmoronamento de casas com 4 mortes em Natal

Desabamento de casa em Mãe Luiza, Zona Leste de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Desabamento de casa em Mãe Luiza, Zona Leste de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Dois botijões de gás encontrados nos escombros de casas que desmoronaram após uma explosão na madrugada de domingo (7) em Mãe Luiza, na Zona Leste de Natal, foram recolhidos e levados para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) para passar por perícia. Quatro pessoas morreram soterradas no desastre.

A primeira suspeita das autoridades é de que a explosão teria sido provocada por um botijão de gás. Ao G1, o Itep confirmou que os botijões encontrados no local foram recolhidos e deverão passar por análise. A previsão inicial é que a perícia seja concluída em um prazo de 10 dias. “Ainda não temos nenhum resultado”, disse o diretor do órgão, Marcos Brandão.

Na manhã desta segunda-feira (8), a Secretaria Estadual de Saúde informou que um casal resgatado no local do acidente está bem. A mulher, de 51 anos, já foi liberada e o homem, de 60, segue em observação, porém estável.

Defesa Civil interditou quatro imóveis nas proximidades do acidente e, segundo a Secretaria de Assistência Social de Natal, 7 pessoas foram para casas de parentes.

Quatro pessoas morreram na explosão que culminou com o desabamento de cinco casas no bairro de Mãe Luiza, na madrugada deste domingo (7). O acidente aconteceu por volta das 3h30 da madrugada no cruzamento entre as ruas Alto da Colina e IV Travessa João XXIII. O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas por vítimas e sobreviventes às 7h15, sendo o último corpo resgatado às 6h.

As vítimas fatais, todas mulheres, foram identificadas como:

  • Maria Teresa Cristina da Silva, 49 anos
  • Taís Silva de Oliveira, 18 anos
  • Maria das Graças Idelfonso, 57 anos
  • Maria Luiza Belarmino, 44 anos

Maria Teresa Cristina da Silva e Taís Silva de Oliveira eram mãe e filha.

G1RN