Archive for agosto 13th, 2020

Corpo de adolescente desaparecido em Goianinha é encontrado pela família

Lucas Macena, de 15 anos, estava desaparecido desde domingo (9) — Foto: Arquivo da Família
Lucas Macena, de 15 anos, estava desaparecido desde domingo (9) — Foto: Arquivo da Família

O corpo do adolescente Lucas Macena, de 15 anos, que estava desaparecido desde domingo (9) quando saiu de casa no sítio Guariba, na zona rural do município de Goianinha, foi encontrado pela família, na manhã desta quinta-feira (13).

O corpo estava enterrado em um canavial no município de Goianinha.

Na manhã desta quinta (13) um grupo se reuniu por volta das 5h para tentar localizar o adolescente. De acordo com informações da família, o corpo de Lucas estava muito machucado. Desde domingo (9), familiares do adolescente faziam buscas por conta própria.

“A gente estava procurando ele dentro de mata, dentro de partido de cana, em lagoas. Onde a gente tinha pista, a gente ia buscar. Até em hospitais pra saber se ele deu entrada”, contou a tia do rapaz que preferiu não ser identificada. Lucas Macena foi visto pela última vez na comunidade Lagoa do Poço, por volta das 19h de domingo (9).

O corpo do adolescente deve ser removido para a sede do Itep onde passará por exames para identificar a causa da morte.

G1RN

Allyson Bezerra destina R$ 300 mil para Liga de Combate ao Câncer de Mossoró

O deputado estadual Allyson Bezerra (SDD) destinou emenda de R$ 300 mil reais para a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC). O valor, segundo o parlamentar, deve ser usado para a compra de medicamentos e materiais hospitalares.
 
Allyson explica que a emenda beneficiará a oferta de serviços da instituição, uma das mais importantes no tratamento de homens, mulheres e crianças. “Nosso mandato sempre teve um olhar especial para as pessoas com câncer, entendemos que essas pessoas são prioridade porque passam por um tratamento complicado. Queremos contribuir com as melhorias dos serviços”, disse ele.
 
A Liga cobre mais de 60 municípios potiguares e atende por dia mais de 200 pessoas em suas duas unidades. Em seu primeiro ano de mandato, Allyson visitou a instituição diversas vezes. No mês de novembro, o parlamentar realizou a entrega de mais de 300 lenços arrecadados durante a campanha Lenço Solidário, idealizado pelo partido Solidariedade Mulher e Solidariedade Mossoró, da qual ele é presidente.
 
Em 2019, Allyson doou R$ 40 mil reais de sua verba de gabinete para a Liga de Combate ao Câncer de Mossoró também com o intuito de contribuir com as melhorias dos serviços da instituição.

Menino de 13 anos é baleado na cabeça em Natal

Menino foi socorrido e levado para o Hospital Santa Catarina — Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi
Menino foi socorrido e levado para o Hospital Santa Catarina — Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi

Um menino de 13 anos foi baleado na cabeça na manhã desta quinta-feira (13) no bairro das Quintas, Zona Oeste de Natal. Ele foi socorrido com vida.

De acordo com a família, o menino juntava material reciclável com os irmãos na comunidade do Mosquito, onde mora, quando uma moto passou com um homem atirando. O garoto foi atingido por um disparo na cabeça.

Ele foi levado para o Hospital Santa Catarina e, de lá, transferido para o Pronto-socorro Clóvis Sarinho. Ainda segundo informações da família, o pai do menino também foi baleado há 10 dias em circunstâncias parecidas e está internado.

Sandro Pimentel comemora benefícios proporcionados por emendas parlamentares

O deputado Sandro Pimentel (PSOL) comemorou nesta quinta-feira (13), durante sessão remota da Assembleia Legislativa, os benefícios proporcionados para a área da saúde do município de Jaçanã por meio de emenda parlamentar destinada por ele. Igualmente, o deputado enalteceu também as emendas destinadas por seu mandato à Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Campus de Assu, que de acordo com ele beneficiam o laboratório da unidade.

“Recebi com muita satisfação a comunicação do prefeito de Jaçanã falando sobre a chegada de nossas emendas no município e o benefício que conseguimos proporcionar. É a minha primeira emenda a ser atendida, o que nos dá uma alegria enorme. Agradeço também ao reconhecimento da UERN, que publicou ontem em seu site os benefícios oportunizados por nossa emenda ao Campus de Assu. Espero seguir compartilhando nosso trabalho por dever e por gratidão ao potiguar”, disse Sandro.

Na ocasião, o deputado agradeceu também o apoio que recebeu de seus colegas parlamentares diante da decisão emitida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na última terça, que mantém a cassação do mandato do deputado em razão de decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que contesta a prestação de contas de Sandro referente à campanha eleitoral de 2018.

“Agradeço as palavras generosas do deputado Ubaldo Fernandes, a quem conheço já há algum tempo, desde a Câmara Municipal de Natal, e ainda à amiga deputada Eudiane Macedo, com quem mantenho uma relação pessoal, para além do Plenário, amizade também construída a partir da Câmara Municipal”, pontuou.

Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas e contratos da Sesap pautam líderes na ALRN

Os deputados Hermano Morais (PSB) e Gustavo Carvalho (PSDB) avaliaram e sugeriram condutas ao Governo do Estado do RN em relação ao projeto para a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas no Rio Grande do Norte e falaram ainda sobre o contrato firmado recentemente pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) com a empresa que está oferecendo mão de obra de médicos, paramédicos, motoristas e locação de ambulâncias. 

“É um projeto que deve impactar cerca de 200 mil negócios no Estado e que vem em um momento muito oportuno, quando não podemos perder de vista a saúde das empresas”, destacou Hermano Morais sobre a Lei das Micro e Pequenas Empresas, que chegou na Casa Legislativa nesta semana e foi tema de debate com o presidente Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) nesta quarta-feira (12).

Segundo o parlamentar, a lei é uma reivindicação antiga do setor produtivo representado pelas micro e pequenas empresas e chega para regulamentar uma lei que existe em âmbito nacional. “É um projeto amplo e vai atender a economia solidária, o cooperativismo, além de ampliar a geração de emprego e renda e a economia criativa, por exemplo”, elencou Hermano.

O deputado aproveitou sua fala dentro do horário dos Líderes para citar requerimento que apresentou solicitando a reinstalada da Frente Parlamentar de apoio à micro e pequena empresa.

Também no horário das lideranças, o deputado Gustavo Carvalho voltou a questionar o recente contrato firmado pela Sesap para locação de ambulâncias. Segundo ele, a empresa contratada (Servsaude EIRELI) não cumpre as exigências previstas no contrato.

“Depois de enviar ofício ao Detran, recebi a resposta que nenhum dos veículos alugados pela Secretaria de Saúde, através da Servsaude EIRELI, tem registro no nome da empresa contratada. E o contrato determina que todos os veículos devem ser de titularidade da empresa”, explicou Gustavo Carvalho. Diante do exposto, o deputado sugeriu que o Governo do Estado cancele o contrato. “E com isso não permita a abertura de uma CPI”, completou. 

Outro destaque feito pelo parlamentar no final da manhã desta quinta-feira (13) foi em relação ao bloqueio judicial sofrido pelo Executivo estadual, no valor de R$ 19 milhões, reservado para obras da Barragem de Oiticica. “As águas que chegarão ao RN pela obra de transposição do São Francisco, chegarão pela Paraíba com escoamento por Oiticica. Sem isso, não vai nos permitir receber essa obra tão importante do Governo Federal. O governo tem que cumprir com seus fornecedores de forma imediata para que esses recursos sejam desbloqueados”, finalizou.

Previdência, recursos federais e seca; deputados debatem temas de importância para o RN


A polêmica votação da reforma da Previdência do Estado, os recursos federais que estão abastecendo municípios potiguares e a seca permanente em determinadas cidades, foram alguns dos temas abordados pelos deputados estaduais durante sessão virtual da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (13). 

Durante horário destinado aos deputados, o primeiro a se pronunciar foi José Dias (PSDB). O tucano trouxe para o debate justamente a reforma da previdência, em tramitação na Casa. O parlamentar voltou a afirmar que é a favor da matéria, desde que algumas medidas sejam alteradas. O principal questionamento é em relação a alíquota definida para os servidores que ganham os menores salários. 

“É incompreensível se achar que a PEC do Governo Federal é pior que essa do Governo do RN. Pior para quem? Quem ganha salário mínimo, que indiscutivelmente é baixo, paga 11% na regra atual, vai pagar 12%. Na reforma de Bolsonaro paga 7,5%. Se o Governo não pode pagar, nós estamos abertos a ouvir as considerações. Não podemos nos curvar a condição que penaliza o pobre”, disse José Dias. 

O deputado cobrou ainda um posicionamento para evitar que a proposta seja votada de última hora. “Vamos conversar para votar na hora oportuna, que é quando chegarmos a um entendimento”, completou.

Em seguida o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) elencou uma série de recursos que foram enviados nos últimos meses pelo Ministério do Desenvolvimento Regional para o RN. “Esse registro quem deveria fazer era o recebedor, o Executivo estadual. Mas não faz porque não quer que as pessoas creditem ao Governo Bolsonaro esses investimentos. Mas, mesmo sem a governadora avisar, as pesquisas diversas das várias regiões do Estado já dão aprovação ao Governo Bolsonaro, de forma muito efetiva. Diferente dos índices do governo estadual que a cada dia decai, como efeito dominó”, disse.

Segundo o parlamentar, o governo federal já encaminhou para o RN quase R$ 100 milhões, sendo R$ 23 para a engorda da Praia de Ponta Negra; R$ 18 milhões para a conclusão do túnel de drenagem da Prudente de Morais; mais R$ 5 milhões para o Pró-Transporte na zona Norte; R$ 8 milhões para ampliar linha do VLT até Nísia Floresta; R$ 20 milhões para Parnamirim investir em infraestrutura; R$ 10 milhões para Macaíba; e R$ 5 milhões para São José de Mipibu e Nísia Floresta, cada um. 

Já o deputado Vivaldo Costa (PSD) alertou para os problemas que estão sendo enfrentados pelas cidades ainda castigadas pela seca. Em 2020 o RN tem registrado bons índices de chuva, “mas há faixa de seca onde choveu menos de 200 milímetros, não há água nos açudes, não ajudou agricultura e não fez pastagem”. O parlamentar solicitou que a construção de poços tubulares nessas cidades entre na pauta da reunião da Frente Parlamentar da Água, que terá reunião nesta quinta-feira. “Não adianta pensar em adutora, transposição, tem que perfurar poços. Não dá para esperar”, concluiu.

O deputado Coronel Azevedo (PSC) cobrou do Governo do Estado agilidade com a nova Lei voltada para promoção por atos de bravura, mecanismo existente para reconhecer policiais, bombeiros e demais servidores da área de segurança que tenham se colocado em risco para exercer suas atividades. “No atual governo as promoções foram suspensas, deixaram de existir. Alguns argumentam que se praticavam essas promoções indevidamente, com caráter político. E foi anunciada uma nova Lei com essa promoção. É preciso que essa lentidão se acabe, que esse jogo com o tempo se acabe. Muita gente tem dado a vida no trabalho. Não podemos perder esse instrumento de garantia, de motivação, aos operadores de segurança pública, inclusive em atos de extremo risco”, disse.

Coronel Azevedo abordou ainda a “necessidade urgente do governo apresentar à sociedade um plano de retomada do turismo, nosso maior potencial de desenvolvimento, nossa maior riqueza, maior indústria. Infelizmente o quadro é desalentador e a omissão do governo neste sentido, falta de atuação e planejamento para retomada desse importante setor nos preocupa bastante”.

O último a se pronunciar foi Francisco do PT, que também se dedicou aos recursos destinados pelo governo federal para cidades e ao Estado do RN. “Sobre as transferências constitucionais e voluntárias, acho legítima toda essa exaltação a recursos enviados para estados e municípios. Mas, quando era Lula e Dilma diziam que era obrigação. Não é mais? Não é assim, dinheiro enviado é fruto de convênios, de emenda parlamentar, de obrigação constitucional prevista na legislação. É legítimo fazer divulgação dos recursos federais, mas do mesmo jeito que vocês diziam que era obrigação no passado, continua sendo. Se Estados e municípios não receberem recursos do Governo Federal, vão receber de quem?”, questionou.

ABSURDO: Campeão mundial de kickboxing e esposa são condenados a 16 anos de prisão e 74 chibatadas por tirar o véu islâmico

Foto / Shabnam Shahrokhi/ Instagram

O campeão de kickboxing iraniano Ahmad-Moin Shirazi e sua esposa Shabnam Shahrokhi foram condenados a um total de 16 anos de prisão por Shahrokhi ousar tirar seu hijab, o véu islâmico, em público. Os juízes do país islâmico condenaram Ahmad Shirazi a 9 anos de prisão e sua esposa a 7 anos, 74 chicotadas e 3 meses de trabalho não-remunerado.

O campeão de kickboxing e a esposa foram presos em 2019, após postarem no Instagram uma foto dos dois com os filhos. O casal tem quase 1,5 milhão de seguidores combinados em suas contas separadas no Instagram. Eles foram acusados ​​de “espionagem”, advertidos sobre suas atividades nas redes sociais e detidos por 1 dia, antes de serem libertados sob fiança.

Segundo os juízes do Tribunal Revolucionário no Irã, Ahmad Shirazi incitou “devassidão e prostituição” ao postar a foto sem o véu. Os dois foram acusados de “propaganda contra o regime”, postar conteúdo “obsceno e vulgar” e “espalhar corrupção moral”.

Moin-Shirazi disse que eles foram intimados várias vezes pelo Ministério da Inteligência iraniano.

Depois de perceber que o Tribunal Revolucionário estava tentando condená-los de alguma forma, o casal deixou o Irã com seus filhos e se exilou na Turquia, segundo a ArabNews.

As autoridades iranianas são conhecidas por prender influenciadores de mídia social que postam vídeos de dança ou aparecem sem usar o véu islâmico obrigatório e vestimenta longa.

O casal foi informado de suas sentenças pelo advogado, acrescentando que pretende apelar da decisão do tribunal.

Conexão Política

Doria diz que não tomará cloroquina contra covid-19: “De jeito nenhum

Foto/ Agência Brasil

Após anunciar que está com covid-19, João Doria disse que não adotará a cloroquina no tratamento da doença.

A declaração foi dada durante uma entrevista à CNN Brasil.

O governador disse que não irá usar o medicamento “de jeito nenhum”, sob a justificativa de que os médicos não indicaram a medicação para ele.

Ele aproveitou o momento para criticar o presidente Jair Bolsonaro.

“De jeito nenhum. Só tomo aquilo que os médicos recomendaram, não o que o presidente Bolsonaro recomenda. E os médicos não me recomendam cloroquina. Aliás, o Dr. David Uip não me prescreveu nenhum medicamento, apenas o isolamento”, disse.

E acrescentou:

“Não houve recomendação [de cloroquina] e nem haveria recomendação para isso, embora eu respeite, porque é um medicamento que apenas médicos devem recomendar e com a concordância do paciente. Mas aqui não houve espaço e nem necessidade”.

Conexão Política

RN tem 56.572 casos confirmados e 2.019 mortes por Covid-19

O Rio Grande do Norte chegou nesta quarta-feira (12) a 2.019 mortes por Covid-19. Este é o número apontado pelo boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública, que também registrou 56.572 casos confirmados. Outros 313 óbitos estão sob investigação.

O estado tem ainda 20.094 casos suspeitos e 93.655 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 28.243. No novo boletim, os casos inconclusivos passaram a ser tratados como “Síndrome Gripal não especificada” e chegaram a 51.959.

O RN tem hoje 347 pessoas internadas por causa da Covid-19, sendo 249 na rede pública e 98 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 60,58% na rede pública e de 29% na rede privada.

O boletim desta quarta-feira também aponta que 150.940 testes de coronavírus foram realizados no estado desde o início da pandemia, sendo 71.227 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 79.713 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

  • 56.572 casos confirmados
  • 2.019 mortes
  • 28.243 confirmados recuperados
  • 20.094 casos suspeitos
  • 93.655 casos descartados

G1RN

Tomba Farias foi recebido por Bolsonaro, reconhecendo crescimento do presidente no Nordeste

Foto da Internet

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB), que se encontra em Brasília desde segunda-feira, foi recebido pelo presidente Jair Bolsonaro,  com quem se reuniu nesta terça-feira(04) no Palácio do Planalto. Na ocasião, o parlamentar potiguar fez um apelo para que o presidente continue apoiando e ajudado o Rio Grande do Norte e a região Nordeste, beneficiada no último mês de Junho com a inauguração de um trecho da transposição do Rio São Francisco, no município de Salgueiro (PE), divisa com o Ceará.

“Foi uma conversa amigável”, disse Tomba Farias, destacando que a popularidade do presidente está em plena ascensão no Nordeste, como resposta da população ao apoio que o governo federal está dando à região ao longo da pandemia e o auxílio emergencial que salvou do completo estado de carência milhares de famílias nordestinas durante a pandemia.

A visita presidencial foi acompanhada pelo ministro Fábio Farias, e contou também com a participação do ex-governador Robinson Faria e do deputado estadual Galeno Torquato.

O ex-governador Robinson Farias, Jar Bolsonaro, o presidente do Brasil, os deputados Tomba e Galeno, ministro Fábio Farias / Foto da Internet

Blog

Deputados debatem eleições 2020 e sugerem mudança de estratégia para Governo do RN

O pleito de 2020 foi o tema central do pronunciamento do deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) em sessão remota da Assembleia do RN, na manhã desta quarta-feira (12). Usando como ponto de partida o Dia Mundial da Juventude, comemorado hoje, o parlamentar convocou os jovens a refletirem sobre a responsabilidade que terão nas eleições que se avizinham.

“A eleição de 2020 será atípica. Diante da pandemia, os idosos vão ficar em casa temendo o contágio. Então essa eleição será da juventude. Por isso é muito importante que a juventude discuta com os candidatos, as políticas públicas que já não existem mais no Brasil. O que vemos é que os jovens de hoje em dia não têm alternativas”, destacou e complementou: “Tanto a governadora quanto o presidente devem priorizar a juventude”.

Quanto aos apontamentos feitos pelos parlamentares ao Governo do Estado, Tomba Farias (PSDB) criticou a atuação do Governo do Estado na área de saúde e registrou a sua passagem por Brasília, onde encontrou-se com o presidente Jair Bolsonaro, os ministros Fábio Faria e Rogério Marinho, além do deputado Galeno Torquato e do ex-governador Robinson Faria.

“Foi uma visita muito amigável. Sugiro que a governadora procure o Governo Federal para que o RN possa seguir adiante. É hora da governadora repensar o Governo do RN, principalmente na saúde, principalmente nas pessoas que trabalharam a vida toda e estão em filas para fazer uma cirurgia ortopédica”, disse.

O deputado José Dias (PSDB) voltou a elogiar a atuação do presidente Jair Bolsonaro. Em sua fala, o parlamentar disse não se envergonhar por defender um presidente que “está trabalhando, tocando as obras que estavam paradas”. José Dias destacou a visita do presidente do Brasil ao Rio Grande do Norte, prevista para o dia 21 deste mês e disse que ele vem ao estado “trazendo realizações e não promessas”.

Solidariedade

Em tom de crítica, o deputado Cel. Azevedo (PSC) lamentou o afastamento do policial militar que conduziu a operação no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) na manhã do dia 11 de agosto. Na ocasião, os alunos aproveitaram o Dia do Estudante para protestar contra a nomeação do atual reitor da instituição Josué Moreira.

“Um episódio lamentável. Quero me solidarizar com os policiais militares que foram chamados para conter a aglomeração e lá foram humilhados. O afastamento anunciado pela governadora Fátima é um ato absurdo e contrário a realidade dos fatos. O que os policiais encontraram lá, foi um grupo de alunos em situação de histeria”, disse. 

Encerrando o horário destinado aos parlamentares na sessão desta quarta-feira, a deputada Eudiane Macedo (Republicanos), prestou solidariedade ao deputado Sandro Pimentel (PSOL), em relação à decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que manteve decisão do Tribunal  Regional Eleitoral (TER) e cassou o mandato do parlamentar.

“Se o deputado Sandro tiver o mandato cassado, e eu espero que isso não ocorra, o TSE estará invalidando não só o mandato dele, mas a decisão e os votos de quem o colocou aqui na Assembleia. Vai tirar o direito de mais de 20 mil eleitores que escolheram o deputado Sandro”, finalizou.