Archive for agosto 6th, 2020

Covid-19/RN: Número de casos é inconclusivo; governo perdeu a direção da saúde

Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica do RN (arquivo) — Foto: Governo do RN/Reprodução
Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica do RN (arquivo) — Foto: Governo do RN/Reprodução

O governo do RN parece nunca ter tido a direção exata do coronavírus. Basta lembrar da besteira que fez o secretário da Sesap, Cipriano Maia, quando disse que entre maio e junho, em 30 dias, morreriam mais de 11 mil pessoas.

Agora eles afirmam que há uma inconclusão nos números, pois há muitos casos que a secretaria não teve o devido registro.

Em um dia o número de suspeitos caíram de 63.235 para 16.622 casos, uma redução de 73,7%. Os inconclusos saíram de .767 para 50.841. Essa é a informação oficial da Sesap.

A governadora Fátima Bezerra (PT) se valeu de pesquisas inconclusivas para atacar a ideia do prefeito Álvaro Dias em abrir as escolas. Fazendo política a governadora assombrou os pais das crianças para conseguir impedir a abertura das escolas privadas.

Pena que o prefeito findou cedendo ao prejuízo causado também pelo assombro.

Isso sem ter sido apurado de fato, quantos doentes de situações graves de outra doenças estão em casa sem fazer os procedimentos correndo risco de morte.

Com informação de G1RN

Sandro Pimentel critica sistema público de transporte em Natal e região metropolitana

A licitação do transporte público de Natal foi tema de discurso do deputado estadual Sandro Pimentel (Psol) na sessão desta quinta-feira (06) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Pelo sistema de webconferência, o parlamentar apresentou os muitos problemas identificados no setor, não apenas na capital potiguar como também nas demais cidades da região metropolitana.

“Natal nunca fez uma licitação do transporte público. Isso é uma vergonha, muda gestor as promessas se renovam e ficam só no papel. Temos um sistema fraco, frágil, ruim, quente e inseguro, e muito caro. Todo ano existe renovação da tarifa, e a Prefeitura não teve coragem ainda, em gestão nenhuma, de fazer licitação e oferecer transporte em melhores condições”, disse o deputado.

Ainda de acordo com Sandro, é necessário se pensar em uma solução que envolva toda a região metropolitana, já que muitos usuários do sistema precisam se deslocar entre as cidades da Grande Natal.  “Mas, para isso, é preciso de gestores comprometidos com a população. E infelizmente não temos conseguido ver isso a partir de Natal”, completou.

Operação da PF no RN apura desvios de R$ 2,1 milhões do Pronaf; gerente de banco é investigado

Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão dentro da Operação Chupim, no RN — Foto: PF/Divulgação
Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão dentro da Operação Chupim, no RN — Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (6), uma operação para investigar fraude e desvio em financiamentos vinculados ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura (Pronaf) do governo federal. Entre os crimes apurados, há corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de capitais. Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão nas cidades de Natal e Nova Cruz, no Agreste potiguar.

Segundo a corporação, a investigação que resultou na Operação Chupim, começou com uma apuração interna do Banco do Brasil, que identificou atuação irregular do gerente da agência bancária em Canguaretama em cerca de 85 financiamentos do Pronaf, com prejuízo potencial de R$ 2.180.504,34.

“De acordo com a investigação policial, ficou demonstrada a existência de esquema fraudulento de financiamentos com recursos do Pronaf para o qual concorreram fornecedores de animais, além do próprio gerente”, informou a PF.

Ainda segundo as diligências, houve financiamentos fraudulentos em que os mutuários sequer sabiam do negócio realizado, pois eram contratos fictícios sem a efetiva entrega de animais. Também houve financiamentos com “sobrevalorização” dos animais negociados.

“Com relação ao gerente, restou ainda evidenciado que ele se utilizou das contas bancárias de terceiros para movimentar recursos desviados do Pronaf”, disse ainda a corporação. Além disso, há suspeita de pagamento de vantagem indevida a um servidor do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), responsável por elaborar as propostas simplificadas de crédito vinculadas aos financiamentos fraudulentos.

Em nota, a Emater declarou que apoia as investigações e se coloca inteiramente à disposição das autoridades para colaborar em todo o processo de investigação, de forma ampla e irrestrita.

Segundo a PRF, as diligências realizadas nesta quinta-feira (6) têm como finalidade reunir provas dos delitos sob apuração.

O nome da Operação Chupim faz referência ao pássaro realiza parasitismo de ninhos e, por isso, passou a designar informalmente um aproveitador.

G1RN

De forma pioneira, Assembleia lança campanha de conscientização em ambiente virtual

Ao conjunto de leis que ao logo de sua história vem sendo elaboradas para a proteção e auxílio às vítimas da violência, notadamente no período mais recente, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte dá mais um importante passo nesse sentido, com a campanha “Violência Doméstica: precisamos dar um basta nisso”.  No lançamento oficial, nesta quinta-feira (6), o presidente Ezequiel Ferreira de Souza convocou toda a sociedade e os poderes constituídos a se engajar nesta campanha.
 
“No Rio Grande do Norte a violência doméstica praticada contra mulheres teve aumento de 258%, chegando a 300% nos casos de violência doméstica em geral. No Brasil, o aumento foi de 40% em relação ao mesmo período do ano passado. E infelizmente os casos de feminicídio aumentaram também”, alertou o parlamentar, na abertura da solenidade. Foi a primeira vez em sua história que a Assembleia Legislativa realizou audiência pública no formato online, para respeitar as medidas de isolamento impostas pela pandemia do coronavírus.
 
A campanha da Assembleia Legislativa é inovadora em vários aspectos: desde a concepção das peças que já estão sendo divulgadas nas televisões, rádios e meios eletrônicos de comunicação, até o seu próprio lançamento, em audiência pública em formato de “live”, com transmissão simultânea pela TV Assembleia e redes sociais da Casa. Nas peças publicitárias produzidas pela agência Base Propaganda, uma das inovações é o uso de QR Code. Outra inovação são as atividades virtuais com ciclo de “Lives” como estratégia de engajamento através das redes sociais para que todos tenham acesso ao conteúdo.
 
O presidente Ezequiel Ferreira também anunciou que além da campanha que dará ainda maior visibilidade ao problema, o Legislativo do RN, dentro das atividades alusivas ao Agosto Lilás, oferecerá atendimento terapêutico online, para auxiliar na promoção da saúde mental e conscientização sobre relacionamentos abusivos e nos casos de violência doméstica. Também citou as iniciativas como o Programa Estadual de Orientação, Conscientização e Combate à Violência Doméstica no Rio Grande do Norte. Seu objetivo é instituir medidas de incentivo a ações que estabeleçam apoio às vítimas de violência doméstica no mês de agosto, em alusão ao Agosto Lilás e ao aniversário da Lei Maria da Penha.
 
Todos os convidados foram unânimes em destacar a importância da iniciativa sobre o tema, num momento em que vem chamando a atenção o aumento dos números de ocorrências. O lançamento contou com a presença de representantes do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte (TJRN), via a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar; o Ministério Público Estadual (MPE/RN); a Defensoria Pública Estadual (DPE/RN); Governo do RN; Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SESED/RN); Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos – (SEMJIDH/RN); Prefeitura Municipal do Natal; Secretaria de Trabalho e Ação Social, Secretaria de Políticas para as Mulheres e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN).
 
A promotora de Justiça da Vara de Enfrentamento da Violência Contra a Mulher, Érica Canuto, parabenizou a campanha lançada pelo Legislativo do RN por contribuir com a divulgação a fim de que haja diminuição do problema e da subnotificação de casos. “A violência é subnotificada, não sabemos o seu tamanho, mas as mulheres estão confiando mais. Então parabéns à Assembleia que marca uma posição nessas políticas públicas. Os canais de acesso facilitados por projetos como a Delegacia Virtual e outros são ações que se constituem em políticas públicas, contribuindo para o aumento dos registros e é melhor denunciar e pedir a proteção à Lei Maria da Penha”, afirmou a promotora.
 
A bancada feminina da Casa, formada pelas deputadas Cristiane Dantas (SDD), Eudiane Macedo (Republicanos) e Isolda Dantas (PT) destacou a urgência de ações para o combate ao problema. Cristiane Dantas parabenizou a Assembleia e a Assessoria de Comunicação da Casa pela iniciativa que já vem mobilizando a sociedade e a imprensa: “Fazendo chegar longe essa mensagem a quem mais precisa para romper o ciclo de violência. É muito sério esse assunto que nos traz aqui hoje”, afirmou Cristiane, cujo mandato vem destinando projetos de proteção às mulheres, como a criação da delegacia virtual, a lei que obriga condomínios a comunicar casos de violência e a que autoriza o governo a criar as Casas Abrigo.
 
A deputada Isolda Dantas disse que se sente honrada e feliz por compor um Poder que abraça uma causa de tamanha envergadura. “A violência contra a mulher é consequência de uma sociedade desigual e é gestada todos os dias, seja na economia, na cultura e quando as mulheres continuam ganhando 70% do que os homens ganham e são as primeiras a serem demitidas. É necessário um pacto da sociedade como um todo para rompermos com isso”, defendeu.
 
Para a deputada Eudiane Macedo é preciso que todos se unam a fim de dar um basta: “Essa violência acontece em todas as classes sociais e é importante que aqueles que estão nos acompanhando tenham esse entendimento e que as mulheres saibam quais são os seus direitos e as leis que já existem em nosso País. Imaginem como era antes da Lei Maria da Penha, que vai completar 14 anos, quando a violência era banalizada”, disse.
 
A vice-presidente da Câmara Municipal de Natal, vereadora Nina Souza (PDT) afirmou que muito já se avançou, mas “é preciso mudar o eixo e colocar os homens dentro dessa discussão, pois a violência doméstica tem que ter um fim e só terá quando todos nós participarmos”, disse.
 
A psicóloga e servidora da Casa, Helga Torquato, explicou o funcionamento do plantão para a população. “A Assembleia Legislativa vem trazer uma escuta especializada. Iremos oferecer uma escuta e acolhimento a esse sofrimento que é tão doloroso. A mulher e as vítimas da violência doméstica sofrem com o desrespeito, humilhação e punições exageradas, que prejudicam o desenvolvimento do ser humano e deixam graves sequelas, como depressão, ansiedade, pânico e distúrbio do sono, entre outros”, afirmou.  O atendimento (3232-6964) será das 8h às 17h, durante o Agosto Lilás.
 
Também participaram da audiência pública virtual os deputados Francisco do PT e Hermano Morais (PSB); a secretária das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos no RN, Eveline Almeida de Souza Macedo; o juiz Rosivaldo Toscano, da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação Doméstica e Familiar do TJRN; a procuradora adjunta do MPE, promotora Elaine Cardoso; a secretária adjunta municipal das Políticas Públicas para as Mulheres de Natal, Jandira Borges; a vice-presidente OAB-RN, Rossana Fonseca; a defensora pública Maria Tereza e a Major Soraia, representando a Polícia Civil.

Líderes ressaltam campanha contra violência doméstica e importância de programas sociais

Durante a 59ª sessão plenária ordinária da Assembleia Legislativa do RN, realizada de forma remota, no horário destinado às lideranças, ressaltou-se a nova campanha institucional “Violência doméstica. Precisamos dar um basta nisso”, e foram discutidos assuntos de ordem Social, Pesqueira e Fundiária.  

Francisco do PT ressaltou a importância do evento promovido na manhã desta quinta-feira (6), na Casa Legislativa, para discutir as medidas de combate à violência doméstica contra as mulheres, idosos e crianças.  “Muitas vezes, o agressor, para intimidar e causar ainda mais constrangimento e dependência à mulher, ele não só pratica agressões físicas, psicológicas ou morais, mas também extravia ou danifica documentações dessas mulheres ou dos seus filhos, para dificultar ainda mais suas vidas”, comentou Francisco, acrescentando que está à disposição para o apoio a essa luta das mulheres do Rio Grande do Norte, do Brasil e do mundo.

Continuando sua fala, Francisco enalteceu o programa “Governo Cidadão”, que é mantido pela Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças, e objetiva promover o Desenvolvimento Sustentável do RN. “Para falar desse projeto, a gente tem que olhar para trás, porque ele não começou no governo da professora Fátima. Por dever de justiça, quero lembrar que essa linha de crédito do Banco Mundial já existe há mais de 20 anos, e sua metodologia sempre teve influência e participação dos movimentos sociais, como sindicatos, igrejas e associações comunitárias. E esse controle social geralmente deu muita transparência ao programa”, detalhou. 

O parlamentar frisou que o projeto atualmente atende a todos os territórios de cidadania do Rio Grande do Norte e está sendo gerenciado pelo secretário de gestão de projetos e ex-deputado estadual, Fernando Mineiro.  “Ontem eu tive a oportunidade de fazer um balanço com o secretário e constatei ações importantes que contribuem para melhorar a vida do povo potiguar. Por exemplo, nós temos agora a reforma de 40 escolas públicas no Estado, em municípios, como Currais Novos, Caiçara do Norte, Arês, dentre outros”, disse Francisco. 

O deputado enfatizou também que, em dezembro de 2018, existiam apenas 13 unidades de ensino nesse programa, e todas apresentavam problemas estruturais. “Foi preciso um trabalho muito dedicado do nosso secretário Mineiro para destravar as obras e ampliar o projeto. E hoje nós já temos essas 40 escolas sendo atendidas”, celebrou.

Por fim, Francisco do PT relatou a situação das queijeiras que são atendidas atualmente pelo referido programa. “Nós temos 39 na região do Seridó e 11 em outras regiões do Estado. Especialmente sobre as do Seridó, em dezembro de 2018, nenhuma obra estava acontecendo. E todas tinham necessidades de reparos. Eu sei porque acompanhei pessoalmente. Mas as travas foram superadas, e hoje já temos 9 praticamente prontas do ponto de vista da estrutura física. Além disso, também está previsto equipá-las, e isso vai dinamizar essa cadeia produtiva que é tão importante para a Economia do Estado”, concluiu.

Na sequência, o deputado Souza (PSB) destacou as ações mais recentes das Frentes Parlamentares de Regularização Fundiária e do Setor Pesqueiro, das quais é o presidente. “Primeiro quero enaltecer a sensibilidade da corregedoria do Tribunal de Justiça, que tem dado total apoio para que possamos ampliar o programa de regularização fundiária, tanto urbana quanto rural, em todo o Rio Grande do Norte. O nosso objetivo com o projeto vai ser entregar o título de terra, já registrado em cartório, nas mãos do produtor. Nós sabemos que isso não é barato e tem muita burocracia envolvida. Antigamente, os produtores recebiam esses títulos e deixavam guardados, justamente por essas dificuldades. E hoje nós queremos que ele seja, de fato e de direito, o dono da terra”, explicou.

A respeito da Frente Parlamentar em Defesa do Setor Pesqueiro e Aquícola, Souza discorreu sobre a legislação aprovada recentemente que inclui o pescado na alimentação escolar, o que, segundo ele, vai apoiar os pescadores de toda a região litorânea do Estado. “Nós fizemos uma audiência pública com a presença do secretário nacional da pesca, Jorge Seif Júnior, em que foram tratadas diversas demandas, entre elas, a entrega de licenças da pesca do atum. E agora estamos tratando das questões da pesca da lagosta. Por exemplo, sobre o terminal pesqueiro de Natal, que tem uma obra interminável, o Governo já se posicionou pela privatização, o que vai solucionar o problema de funcionamento principalmente da pesca industrial no nosso Estado”, relatou.

Finalizando o horário destinado aos líderes, Hermano Morais (PSB) teceu elogios à campanha contra a violência doméstica, lançada na manhã de hoje pela Assembleia Legislativa. “Quero externar meu total apoio a essa nova campanha do Legislativo e destacar a atuação das três colegas deputadas, Cristiane, Isolda e Eudiane, que têm feito trabalhos muito importantes no levantamento das pautas de interesse e proteção às mulheres”, parabenizou. 

Hermano lembrou que esteve presente à audiência e considerou o debate “de alto nível”, contando com a participação de representantes de entidades do setor público e também da sociedade civil. “O fato é que nós tivemos um aumento de 250% em casos de violência doméstica durante a pandemia, talvez pela convivência mais próxima entre vítimas e agressores, devido ao isolamento social. Mas é preciso dar um basta nisso”, acrescentou.

Por fim, em referência ao Agosto Lilás, Hermano enfatizou a aprovação de lei estadual de sua autoria, no ano passado, que trata da realização de campanhas permanentes de prevenção à violência contra a mulher no RN.  “Essa é uma campanha que deve ser feita todos os dias. Lembro ainda que essa violência doméstica tem afetado cada vez mais as pessoas idosas, e isso não pode ficar na impunidade. Para mim, isso é um crime hediondo. Portanto, quem quiser denunciar, faça pelo disque 180 ou procure uma delegacia especializada”, concluiu Hermano Morais.

Após 103 dias internado, homem de 56 anos supera Covid-19 e recebe alta em Natal

José Nelson Ferreira recebe alta após ficar 103 dias internado em hospital de Natal — Foto: Joana Lima
José Nelson Ferreira recebe alta após ficar 103 dias internado em hospital de Natal — Foto: Joana Lima

Um homem de 56 anos se recuperou da Covid-19 e recebeu alta após ficar 103 dias internado em Natal. José Nelson Ferreira chegou a ficar 90 dias em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Natal (HMN).

Portador de rim único, José Nelson Ferreira chegou no dia 24 de abril ao Hospital Giselda Trigueiro, que na época era a porta de entrada de pacientes com o novo coronavírus. Foi encaminhado para o Hospital Municipal de Natal e lá permaneceu até a tarde desta quarta-feira (5). De acordo com a prefeitura, ele foi o quinto paciente com Covid-19 a dar entrada na unidade e se tornou o com maior tempo de internação.

“Tivemos mais de 180 pacientes enquanto ele esteve internado aqui. Aprendemos como tratar Covid-19 com ele. Todas as complicações que um paciente pode ter, ele teve: diálise, pneumonia, lesão por pressão… Nunca atendi por tanto tempo um paciente numa UTI. Ele lutou muito e hoje volta pra casa. É um paciente que nos surpreendeu, que quis muito viver”, comentou Ana Patrícia Tertuliano, Coordenadora da UTI do Hospital Municipal.

No período de internação, esteve entubado durante 60 dias e há 13 dias apresentou melhora no quadro. Foi transferido para a enfermaria até receber alta. Na saída do hospital, vários profissionais fizeram questão de aplaudir José Nelson.

“Todos os dias a gente recebia notícias no fim da tarde, por telefone. A expectativa era grande, assim como nossa fé. Hoje ele volta pra casa”, comemora Ana Helena, filha de José Nelson.

G1RN

RN tem 2,44 milhões de eleitores aptos a votar nas eleições de 2020; veja número por município

Urna eletrônica e terminal  — Foto: Divulgação/Ascom TRE-RJ
Urna eletrônica e terminal — Foto: Divulgação/Ascom TRE-RJ

G1RN – O Rio Grande do Norte tem 2.447.178 eleitores aptos a votar nos seus candidatos a prefeito e vereador nas eleições municipais do dia 15 de novembro, nos 167 municípios potiguares. O número representa um crescimento de 1,65% em relação à eleição passada.

Natal e Mossoró concentram os maiores eleitorados do estado. A capital tem 560.929 eleitores e a segunda maior cidade, 175.932. Parnamirim, na região metropolitana conta com 125.346 eleitores e São Gonçalo do Amarante, 69.027 votantes.

O número oficial de eleitores em todo o país foi anunciado na quarta-feira (5) pelo Tribunal Superior Eleitoral. São 147.918.483 brasileiros aptos a votar nas Eleições 2020, em 5.569 cidades.

Apenas o Distrito Federal e Fernando de Noronha não participam das eleições municipais. Os eleitores brasileiros que estão registrados para votar no exterior também não participam desse pleito, uma vez que o voto em trânsito só ocorre nas eleições gerais.

Veja o número de eleitor por cidade do RN

  • Tenente Laurentino Cruz – 4.913
  • Acari – 9.089
  • Serra do Mel – 10.442
  • Assú – 42.162
  • Caiçara do Norte – 4.962
  • Afonso Bezerra – 9.480
  • São Miguem do Gostoso – 8.222
  • Água Nova – 2.753
  • Itajá – 6.476
  • Alexandria – 10.938
  • Bodó – 3.394
  • Almino Afonso – 5.069
  • Triunfo Potiguar – 3.885
  • Alto do Rodrigues – 10.806
  • Fernando Pedroza – 3.075
  • Angicos – 9.462
  • Major Sales – 2.929
  • Antonio Martins – 5.457
  • Venha Ver 3.764
  • Apodi – 27.807
  • Serrinha dos Pintos – 3.895
  • Areia Branca – 20.974
  • TIbau – 5.619
  • Arez – 10.595
  • Santa Maria – 4.373
  • Campo Grande – 8.265
  • Rio do Fogo – 9.368
  • Baía Formosa – 6.968
  • Porto do Mangue – 4.775
  • Barcelona – 4.627
  • Jundiá – 4.216
  • Bento Fernandes – 4.615
  • Bom Jesus – 8.306
  • Brejinho – 9.734
  • Caiçara do Rio do Vento – 3.531
  • Caicó – 43.335
  • Campo Redondo – 7.790
  • Canguaretama – 23.128
  • Caraúbas – 18.378
  • Carnaúba dos Dantas – 5.815
  • Carnaubais – 8.583
  • Ceará-Mirim – 53.136
  • Cerro Corá – 8.783
  • Coronel Ezequiel – 4.644
  • Coronel João Pessoa – 3.892
  • Cruzeta – 6.785
  • Currais Novos – 30.600
  • Doutor Severiano – 5.611
  • Encanto – 4.509
  • Equador – 4.511
  • Espírito Santo – 7.184
  • Extremoz – 24.189
  • Felipe Guerra – 6.470
  • Florânia – 7.790
  • Francisco Dantas – 2.744
  • Galinhos – 2.521
  • Goianinha – 20.172
  • Governador Dix-Sept Rosado – 11.638
  • Grossos – 8.565
  • Guamaré – 14.474
  • Ielmo Marinho – 10.689
  • Ipanguaçu – 12.291
  • Ipueira – 1.976
  • Itaú – 4.778
  • Jaçanã – 5.694
  • Jandaíra – 5.348
  • Janduís – 4.278
  • Boa Saúde – 7.304
  • Japi – 5.366
  • Jardim de Angicos – 2.654
  • Jardim de Piranhas – 10.300
  • Jardim do Seridó – 9.774
  • João Câmara – 23.959
  • João Dias – 3.078
  • José da Penha – 5.081
  • Jucurutu – 14.572
  • Messias Targino – 4.212
  • Lagoa D’Anta – 5.310
  • Lagoa de Pedras – 7.036
  • Lagoa de Velhos – 3.200
  • Lagoa Nova – 11.814
  • Lagoa Salgada – 9.118
  • Lajes – 8.440
  • Lajes Pintadas – 4.884
  • Lucrécia – 3.277
  • Luís Gomes – 7.182
  • Macaíba – 50.091
  • Macau – 22.152
  • Marcelino Vieira – 6.558
  • Martins – 6.564
  • Maxaranguape – 8.750
  • Frutuoso Gomes – 3.944
  • Montanhas – 8.584
  • Monte Alegre – 16.359
  • Monte das Gameleiras – 2.675
  • Mossoró – 175.932
  • Natal – 560.929
  • Nísia Floresta – 20.121
  • Nova Cruz – 25.345
  • Olho D’água dos Borges – 4.332
  • Ouro Branco – 4.127
  • Paraná – 4.069
  • Paraú – 4.224
  • Parazinho – 4.834
  • Parelhas – 16.516
  • Parnamirim – 125.346
  • Passa e Fica – 8.804
  • Passagem – 3.332
  • Patu – 9.074
  • Pau dos Ferros – 19.346
  • Pedra Grande – 3.872
  • Pedra Preta – 3.186
  • Pedro Avelino – 6.726
  • Pedro Velho – 11.103
  • Pendências – 10.351
  • Pilões – 3.593
  • Poço Branco – 10.467
  • Portalegre – 5.943
  • Serra Caiada – 7.777
  • Pureza – 7.635
  • Rafael Fernandes – 4.665
  • Riacho da Cruz – 2.726
  • Riacho de Santana – 3.605
  • Riachuelo – 5.987
  • Rodolfo Fernandes – 4.038
  • Ruy Barbosa – 3.886
  • São Francisco do Oeste – 3.911
  • Santa Cruz – 24.536
  • Santana do Seridó – 2.492
  • Santana do Matos – 10.961
  • Santo Antonio – 16.917
  • São Bento do Norte – 3.521
  • São Bento do Trairi – 4.073
  • São Fernando – 3.365
  • São Gonçalo do Amarante – 69.027
  • São João do Sabugi – 4.969
  • São José de Mipibu – 30.873
  • São José de Campestre – 9.905
  • São José do Seridó – 4.216
  • São Miguel – 17.003
  • São Paulo do Potengi – 13.095
  • São Pedro – 5.997
  • São Rafael – 7.019
  • São Tomé – 9.372
  • São Vicente – 5.024
  • Senador Elói de Souza – 5.254
  • Senador Georgino Avelino – 3.695
  • Serra de São Bento – 5.287
  • Serra Negra do Norte – 6.251
  • Serrinha – 6.457
  • Severiano Melo – 6.482
  • Sítio Novo – 4.856
  • Taboleiro Grande – 2.755
  • Taipu – 9.818
  • Tangará – 11.756
  • Tenente Ananias – 7.362
  • Tibau do Sul – 11.598
  • Timbaúba dos Batistas – 2.583
  • Touros – 24.785
  • Umarizal – 8.428
  • Upanema – 11.191
  • Várzea – 4.616
  • Rafael Godeiro – 3.827
  • Vera Cruz – 10.086
  • Viçosa – 1.824
  • Vila Flor – 2.874
  • Baraúna – 19.741

Galeno Torquato discute construção da Barragem Poço do Varas com ministro Rogério Marinho

O deputado estadual Galeno Torquato (PSD) se reuniu nesta terça-feira (4) com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, para tratar da construção da Barragem Poço de Varas. Presentes o ministro das Comunicações, Fábio Faria e o ex-governador Robinson Faria.

Na ocasião, Rogério Marinho entrou prontamente em contato com o diretor-geral do DNOCS, Fernando Marcondes de Araújo Leão, solicitando a atualização dos valores da obra.

“Ao lado do ministro Fábio Faria, Rogério Marinho nos assegurou que as obras da Barragem Poço de Varas terão recursos garantidos no Orçamento Geral da União ainda para este ano”, disse Galeno comemorando a garantia dos recursos e comentou que a Barragem Poço de Varas vai beneficiar diretamente as populações dos municípios de Coronel João Pessoa, Doutor Severiano, Venha Ver e São Miguel. 

“Trata-se de uma obra que resolverá os problemas da distribuição de água na região, em especial amenizando os prejuízos da seca e possibilitando benefícios às novas gerações”, destacou Galeno Torquato.

O parlamentar destacou ainda que “está em busca de mais esta conquista para a população do Alto Oeste porque é sensível às dificuldades oriundas da seca e certamente este passo representará o avanço que os novos tempos exigem”.