Archive for julho 7th, 2020

Ao contrário da governadora Fátima, o prefeito de Natal manterá agenda de abertura

Prefeito de Natal, Álvaro Dias decide sair do MDB - Tribuna do Norte
Foto de Alex Régis

A governadora Fátima Bezerra decidiu, com base em recomendações dos MPF, MP do RN e MP do Trabalho, a adiar a 2ª fase da reabertura, quando favoreceria os restaurantes e loja do comércio até 300 Km ao quadrado.

Todavia o prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB) acabou de anunciar no programa de Cidade Alerta, apresentado pelo jornalista Salatiel de Sousa, que Natal seguirá com a abertura do comércio que não suporta mais do que já suportou, mais de 100 dias fechados, que as cidades de Mossoró e Parnamirim seguirão também com as mesmas programações de aberturas.

Álvaro disse que, o que se devia fazer ele está fazendo, providenciando os remédios como o hidroxicloroquina, atendimentos médicos, a abertura de atendimento no Ginásio Nélio Dias.

Deputados debatem ações da pandemia e votação da reforma estadual da previdência

No horário destinado aos deputados na sessão ordinária por Sistema de Deliberação Remota (SDR) da Assembleia Legislativa, realizada nesta terça-feira (07), foram tratadas questões como cuidado com idosos na pandemia, responsabilidade do uso de recursos públicos no enfrentamento à pandemia, especialmente na contratação de ambulâncias, reabertura das igrejas e reforma da previdência. 
 
O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) falou da preocupação com a grande mortalidade de pessoas idosas. “Se a gente acessar a mídia, toma conhecimento de muitas conhecidos que perderam a vida”. Ele destacou que, especialmente nas cidades do interior do estado, precisa haver prioridade das prefeituras no cuidado dos idosos para enfrentamento do coronavírus. “Todos os prefeitos, sem exceção, receberam verba do governo federal para cuidar da covid-19. Então é preciso que seja feito algo em relação aos idosos, seja através do Programa Saúde da Família, do atendimento ao doente no próprio domicílio, entre outras ações”, disse.
 
Já o deputado Nelter Queiroz (MDB) sugeriu à governadora Fátima Bezerra que convide a direção da maternidade em Patu, Hospital Maternidade Dr. Anderson Dutra (APAMI), para reabrir o hospital. “A maternidade está toda equipada e com certeza está fazendo falta”, falou. Ele também aproveitou para questionar o aluguel de ambulâncias, que, segundo ele, foi feito a preços exorbitantes pelo governo estadual.
 
A deputada Cristiane Dantas (SDD) usou o horário para dizer que subscreveu todos os ofícios que o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) está enviando aos órgãos de controle e fiscalização sobre os recursos financeiros utilizados pelo Governo do Estado no enfrentamento ao coronavírus. “Não podemos nos calar e colocar vendas nos nossos olhos. Me preocupo pelos R$ 5 milhões pagos adiantados ao Consórcio Nordeste sem retorno, enquanto pessoas estão morrendo sem essa assistência; pelos R$ 1.750.000 pagos para uma Organização Social de Minas Gerais para abrir 30 leitos, para uma OS que não tem médicos e vai terceirizar o serviço; e, também, o aluguel dessas ambulâncias no valor de R$ 8 milhões quando o dinheiro dava para adquirir 8 ambulâncias para o Estado, um dinheiro que está sendo superfaturado”, disse. Ela também falou da situação das estradas do Rio Grande do Norte que precisam de recuperação asfáltica.
 
O deputado Coronel Azevedo (PSC) opinou que o Governo do Estado tem sido ineficiente na comunicação com os servidores sobre a suspensão dos empréstimos consignados. Ele pediu que isso seja resolvido.  Na oportunidade, ele também aproveitou para reiterar o pedido que já havia feito em outras ocasiões para que o governo reconsidere a reabertura das igrejas, levando em consideração a importância da assistência religiosa. “É um desrespeito à nossa Constituição Federal, a todas as leis e tratados internacionais, impedir o funcionamento das igrejas”.
 
Sobre o assunto da contratação do aluguel das ambulâncias pelo Governo do Estado, o parlamentar Francisco do PT explicou que compreende que é prerrogativa do Poder Legislativo a fiscalização dos atos do Poder Executivo, mas que fica reflexivo sobre a forma apressada dos deputados de fazer pré-julgamento a respeito de determinadas situações. “A informação dada aqui deixa a entender que o Estado alugou apenas as ambulâncias com esse recurso financeiro. Quero destacar que as ambulâncias não rodam sozinhas, elas precisam de combustível, de equipamentos, então a informação que nós dispomos é que essa contratação inclui ambulâncias, equipes de profissionais, materiais de proteção individual e equipamentos para oferecer suporte avançado de vida e garantir transferência de usuários com sintomas graves. Estou trazendo essa informação apenas para deixar aqui mais nítido que não se tratou apenas da contratação de ambulâncias, o que não tira a prerrogativa dos deputados de solicitar investigação pelos órgãos de controle. Aliás, é importante mesmo que faça”, declarou.
 
Sobre a reforma da previdência, o deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) falou que reconhecia e entendia o esforço que os governos estaduais têm feito para aprovar as respectivas reformas da previdência, mas quis opinar sobre a interpretação dos prazos, já que não concorda com a informação dada pelo governo de que o prazo se encerra no final de julho de 2020. “Se olharmos o art. 9º, §6º, da Emenda Constitucional nº 103/2019, ela é direta, estanque”. Ele entende ser o prazo de dois anos para apreciação da matéria que enseja sanções se houver descumprimento e não o prazo do final de julho de 2020 informado pelo governo.
 
O deputado George Soares (PL) respondeu sobre a questão do prazo. De acordo com ele, com base nas informações dadas pelo secretário de Tributação do Estado, o prazo de dois anos se refere à previdência complementar, e não às regras gerais do Regime Próprio. Ele voltou a alertar sobre as penalidades caso não se aprove no prazo previsto e pediu para que os parlamentares encontrassem uma forma de votar. Ele argumentou que sete estados da federação estão fazendo esse debate remoto e vão votar a matéria. “Então, por que esse grupo de deputados que questiona a votação não traz sugestões de soluções remotas?, questionou.
 
Por fim, o deputado José Dias (PSDB) opinou que a reforma da previdência não é um problema ideológico, mas de matemática financeira. “A reforma federal foi um alívio, os estados não estão em situação melhor. Nós cobramos desde o primeiro dia que a governadora mandasse a reforma para que pudéssemos estudar. Não veio, porque ela não queria o debate. Veio depois e apresentamos algumas emendas. Nós não vamos ter aumento do funcionário público este ano e no próximo, que é um mal necessário, mas o funcionário que ganha um salário mínimo será penalizado com uma alíquota acima do que paga o trabalhador da iniciativa privada”, disse. Ele declarou que deveria ser igual, equânime.  E disse que não abre mão da votação presencial, mas não teria problema de votar a qualquer tempo, desde que fizesse as modificações necessárias.
 

ALRN faz doação de álcool para enfrentamento da covid-19 é entregue em Parnamirim

O município de Parnamirim recebeu um reforço no combate ao novo Coronavírus. Nesta terça-feira (07), a Assembleia Legislativa entregou doação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) ao Hospital Regional Dr. Deoclécio Marques de Lucena (HRDDML).

A entrega de 10 mil litros de álcool a 70% e 2 mil máscaras cirúrgicas, faz parte da ação do Legislativo no Rio Grande do Norte. “A doação chegou em um momento oportuno. O nosso estoque de álcool estava zerado e estávamos com dificuldades de comprar, devido a burocracia. Sem dúvidas uma grande contribuição que a Assembleia Legislativa traz para a população e os para os profissionais de saúde de Parnamirim”, comemorou Maria José de Pontes, diretora do hospital. A diretora destacou também a importância da doação para a segurança do trabalho desenvolvido. “Para que tenhamos segurança para fazer o nosso trabalho, dependemos dos EPIs e essa doação chega em uma hora primordial e crítica. Posso dizer que representa segurança e vida”.

Na unidade de saúde, 80 profissionais de saúde foram confirmados com Covid-19. “Dos 140 profissionais dessa unidade, 80 testaram positivo para o Covid-19 e o uso dos Equipamentos de Proteção Individual passou a ser a nossa maior segurança na realização do trabalho. Essa doação nos traz tranquilidade”, celebrou a enfermeira Danielle Pinheiro de Paula Guimarães, que também é coordenadora do setor do Controle de Infecção hospitalar.

Em Parnamirim foram confirmados 2.961 casos e 83 óbitos causados pela Covid-19. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde, divulgados no mais recente boletim epidemiológico.

RN: Entidades do Comércio se dizem surpresas e decepcionadas com o Governo do Estado

Conheça o que é e o que faz a Fecomércio | Radar do Comércio | G1
Foto de Internet

Foi com um misto de surpresa e decepção que as entidades abaixo assinadas receberam, nesta terça, 7, a notícia de que o Plano de Retomada Gradual da Economia será interrompido pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Além de pensar e elaborar protocolos que pudessem promover uma reabertura gradual, segura e responsável, as entidades empresariais vêm desenvolvendo um trabalho sério e forte de conscientização dos empresários e dos seus colaboradores, podendo afirmar que este retorno vem se dando da maneira mais segura possível.

As instituições lamentam o retrocesso que, inclusive, não encontra guarida em muitos indicadores ligados à evolução da Covid-19 em nosso Estado que, desde o dia 1º de julho – quando teve início a retomada – só têm melhorado.

Exemplos desta melhoria são a Taxa de Transmissibilidade (que caiu de 1,45 para 0,94); o Índice de Isolamento Social da nossa população (que passou de 50% pela primeira vez nos últimos dias) e até mesmo o percentual total de ocupação dos leitos críticos para Covid, que já está na média de 91% e caindo, com registro de menos de 80% em algumas regiões do estado.

Por fim, as entidades parabenizam a Prefeitura de Natal, que já deu início, nesta mesma data, à segunda fração da primeira fase da retomada na capital, e afirmam que seguirão nutrindo a esperança de que a decisão do governo estadual seja revista o quanto antes, de modo a evitar danos ainda maiores à economia do Rio Grande do Norte, especialmente, no presente momento, às empresas que haviam se preparado para retomar suas atividades a partir desta quarta-feira, dia 8.

FECOMÉRCIO RN

FCDL RN

FACERN

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DO RN

CDL NATAL

CDL JOVEM NATAL

AEBA

ASSOCIAÇÃO VIVA O CENTRO

SINDILOJAS RN

Acidente com vítima fatal foi registrado na BR-226, na curva da Maniçoba zona rural de Currais Novos

FABIO HENRRIQUE SILVA, 29 anos o mesmo  residia no bairro Pajuçara zona norte de Natal./ Foto da Internet

O acidente aconteceu por volta das 06h da manhã desta terça-feira (07), na BR-226 na curva da Maniçoba, zona rural de Currais Novos.

O motoqueiro conduzia Uma Moto Honda Modelo Tornado com placa de Natal e perdeu o controle na curva colidindo violentamente nas barreiras de proteção da pista.

O mesmo não resistiu a gravidade dos ferimentos e veio a óbito no local, a polícia isolou a área até a chegada do ITEP para a remoção do corpo.

Atualizando as informações…

A vítima do acidente foi identificada, trata-se de: FABIO HENRRIQUE SILVA, 29 anos o mesmo  residia no bairro Pajuçara zona norte de Natal.

Do Plantão de Notícias

Governo do RN suspende segunda fração da retomada da economia prevista para quarta (8)

Governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anuncia suspensão da segunda fração da reabertura econômica do RN na pandemia do coronavírus — Foto: Demis Roussus/Governo do RN
Governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anuncia suspensão da segunda fração da reabertura econômica do RN na pandemia do coronavírus — Foto: Demis Roussus/Governo do RN

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT) anunciou no início da tarde desta terça-feira (7) que decidiu suspender a segunda fração de reabertura econômica que iria entrar em vigor nesta quarta-feira (8) no estado. O motivo é a ocupação dos leitos de UTI por pacientes do novo coronavírus, que está acima dos 80% previstos pelo próprio governo, de acordo com ela.

A segunda fração previa autorização para abertura de estabelecimentos como lojas com até 600 metros quadrados, com “porta para a rua”, e restaurantes de até 300 metros. A venda de bebidas alcoólicas para consumo no local continuaria proibida.

G1RN

Bolsonaro diz que seu exame para covid-19 deu positivo

Covid-19: Bolsonaro cancela compromissos e aguarda resultado de exame
Foto da Internet

O exame feito pelo presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (6) para detectar se ele está com covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, deu positivo, informou o próprio presidente. 

Bolsonaro já havia informado a apoiadores que estava com febre e dores no corpo e, por isso, decidiu fazer o exame. Ele também disse que fez uma radiografia e que o pulmão “estava limpo”. 
O presidente tem 65 anos e faz parte da faixa etária considerada por especialistas como grupo de risco.

Covid: A vacina está mais perto de acontecer

A Universidade de Oxford, no Reino Unido, que também estuda a produção de uma vacina, entrou no início de junho em sua terceira fase de testes clínicos.

Com isso, no país, duas mil pessoas participarão dos testes, realizados com o apoio do Ministério da Saúde. Oxford chamou 18 centros de pesquisa em todo o Reino Unido para testar o produto desenvolvido, recrutando principalmente profissionais de saúde, que costumam ficar na linha de frente na luta contra o coronavírus, assim submetidos à exposição.

Enquanto isso, na corrida por uma vacina contra a COVID-19, pesquisadores do Instituto do Coração (InCor) da Faculdade de Medicina (FM) da Universidade de São Paulo (USP) começaram a testar em camundongos uma potencial vacina imunizante para o novo coronavírus (SARS-CoV-2).

Nós, o brasileiros, guardamos com muita fé em Deus que tudo der certo.

Fonte: Agência Brasil

MUITO TRISTE: Pai, mãe e filha morrem com Covid-19 em Natal

Dona Nina, Katiane e Seu Canindé moravam na zona norte de Natal — Foto: Arquivo familiar/Cedida
Dona Nina, Katiane e Seu Canindé moravam na zona norte de Natal — Foto: Arquivo familiar/Cedida

A professora Francisca Katiane do Nascimento, de 37 anos, foi a terceira vítima da Covid-19 em uma família devastada pela doença. Ela vivia no bairro de Pajuçara, Zona Norte de Natal, com o pai, Francisco Canindé Nunes do Nascimento, e a mãe, Maria Francisca Nunes do Nascimento. Os três morreram com o novo coronavírus em um intervalo de duas semanas.

Katiane faleceu na noite de domingo (5) após 10 dias internada em um hospital particular de Natal. Ela apresentou os sintomas da doença no dia 25 de junho e deu entrada na unidade após sentir dores no corpo e dificuldades para respirar. A professora, que não tinha nenhuma comorbidade, foi internada dois dias depois da morte do pai e faleceu sem saber da morte da mãe.

Katiane era professora e cantava na igreja — Foto: Arquivo familiar/Cedida
Katiane era professora e cantava na igreja — Foto: Arquivo familiar/Cedida

Fernando Xavier, afilhado de Maria Francisca, que era conhecida como Nina, acompanhou toda a luta da família contra a Covid-19. “Katiane foi internada sabendo da morte do pai e toda essa situação de tristeza e choro agravou o caso dela, por isso o médico preferiu não informá-la sobre a morte da mãe”, conta.

Francisco Canindé tinha 60 anos — Foto: Arquivo familiar/Cedida
Francisco Canindé tinha 60 anos — Foto: Arquivo familiar/Cedida

Francisco Canindé Nunes, ou simplesmente Canindé do Rosário, tinha 60 anos e trabalhava como motorista. Ele era conhecido por ser uma pessoa religiosa, responsável por organizar romarias pelos santuários do Rio Grande do Norte. Canindé foi a óbito no dia 23 de junho, apenas dois dias depois de apresentar sintomas da Covid-19.

Nina tinha 59 anos e assim como a filha Katiane, também era professora. Ela morreu no dia 26 de junho, cinco dias depois de ter sido internada em um hospital de Natal. Lembrada como uma pessoa generosa, sensível e de grande coração, Nina deixa saudades na família Nascimento.

“Eram pessoas muito especiais, madrinha Nina era uma professora séria, mas quem a conhecia sabia do coração de manteiga derretida que ela tinha. Seu Canindé também era uma pessoa que todo mundo gostava. E Katiane, a gente avistava de longe só pelo sorriso e também pela voz marcante, já que ela cantava na igreja. É muito triste e muito assustador também porque ainda existem pessoas que não levam a sério a doença”, diz Fernando Xavier.

Da família ficam duas filhas: Silvia Lya e Francisca Ticiane. Fernando lembra do processo doloroso de acompanhar a situação da família. “A gente tinha um grupo onde compartilhávamos os boletins médicos e fazíamos orações todas as noites. É um momento muito difícil e além de nos partir o coração, nos causa muito medo também”, conta.

Nina também era professora — Foto: Arquivo familiar/Cedida
Nina também era professora — Foto: Arquivo familiar/Cedida

O Rio Grande do Norte tem 34.983 casos confirmados de Covid-19 e 1.246 mortes causadas pela doença. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e foram divulgados na entrevista coletiva desta segunda-feira (6).

G1RN

Bombeiro militar de 58 anos morre com Covid-19 em Natal; colegas fazem homenagem

Subtenente Marcelo Nascimento da Silva morreu com Covid-19 em Natal — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Subtenente Marcelo Nascimento da Silva morreu com Covid-19 em Natal — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Um bombeiro militar da reserva remunerada, de 58 anos, morreu com Covid-19 na noite desta segunda-feira (6) em Natal. O subtenente Marcelo Nascimento da Silva, que atuou por mais de 25 anos na corporação, recebeu uma homenagem dos colegas de farda na manhã desta terça (7) – veja no vídeo abaixo.

Segundo o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte, o militar estava internado no Hospital da Polícia Militar. No último final de semana, o paciente teve complicações e precisou ser intubado novamente – ele já tinha passado por esse processo dias antes. No início da noite desta segunda (7), porém, ele não resistiu e morreu. Não foi informado o tempo que o militar passou internado.

Em sua carreira militar, o subtenente Marcelo trabalhou no Primeiro Grupamento de Bombeiros (1°GB) e no Centro de Gerenciamento de Emergência e Defesa Civil (CEGEDC).

“Nosso pesar e nossa continência ao subtenente Marcelo, que por mais de 25 anos vestiu e honrou a farda do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte. Nosso abraço e conforto a toda família deste guerreiro e combatente que cumpriu sua nobre missão de salvar vidas”, disse o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Monteiro Júnior.

G1RN

Prefeito primo do ex-ministro Mandetta suplica por Cloroquina

Publicado pelo Ceará Mirim Livre

Mandetta e Trad / Foto da Internet

É impressionante.
Gradativamente estão reconhecendo que o presidente Jair Bolsonaro sempre teve razão, desde o início da pandemia.

Chegamos à conclusão que, caso o STF não tivesse se intrometido e a condução da pandemia tivesse ficado na incubência do Governo Federal, a hidroxicloroquina teria sido adotada de forma precoce desde o início e muitas vidas teriam sido salvas.

Entretanto, o que se vê é a luta de Bolsonaro contra diversas forças – forças do mal – na qual se inclui inclusive o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta.

Os inimigos batem. O povo observa.

Assim, na medida que tudo vem à tona, cresce o apoio popular ao presidente.

O depoimento e o pedido do prefeito de Campo Grande (MS), Marcos Trad – primo de Mandetta e irmão do senador Nelsinho Trad e do deputado federal Fábio Trad – é uma demonstração inequívoca de que “Bolsonaro tem razão”.