Archive for abril 5th, 2020

Mais de 1,1 milhões de pessoas que pegaram o coronavírus estão salvas

No dia de hoje (05) foi constatado que de mais de 1,1 milhões de pessoas que sofreram com o contágio do Covid-19 estão salvas.

Na verdade, algumas dessas pessoas que foram diagnosticadas nada sentiram, outras sentiram sintomas leves, outras sentiram reações mais severas, e se recuperaram. O número de óbito é de 66.125 vítimas.

Quando dizemos curados, nos referimos que se recuperaram e criaram anticorpos e estão imunes.

As informações é do site infographics.channelnewsasia

Covid-19: Itália registra o menor número de mortos em duas semanas

Em Catania, na Itália, uma mulher faz performance no balcão de casa, em 5 de abril de 2020 — Foto: Antonio Parrinello/Reuters
Em Catania, na Itália, uma mulher faz performance no balcão de casa, em 5 de abril de 2020 — Foto: Antonio Parrinello/Reuters

O número de mortos pelo novo coronavírus na Itália nas últimas 24 horas é de 525, o mais baixo em duas semanas, anunciou neste domingo a Defesa Civil.

O balanço representa uma redução de 25% em relação às mortes anunciadas ontem, quando 681 foram registradas.

Até o momento, 15.887 pessoas morreram devido ao coronavírus na Itália, país mais castigado do mundo pela pandemia, segundo as cifras oficiais.

“São boas notícias, mas não deveríamos baixar a guarda”, disse o chefe da Defesa Civil, Angelo Borrelli. “A curva começou sua queda”, comemorou o chefe do Instituto Superior de Saúde, Silvio Brusaferro. A redução do número de mortos “é um dado muito importante”, assinalou.

“Se estes dados se confirmarem, teremos que pensar na fase 2”, ou seja, no plano para reativar a Itália, que contempla a retomada de parte da atividade produtiva da terceira maior economia europeia.

Para as autoridades, a fase 2 é um período de “convívio” com o vírus, motivo pelo qual “é importante manter as medidas que fizeram a curva cair”, alertou Brusaferro.

Há quatro semanas, os 60 milhões de italianos estão submetidos a medidas drásticas de confinamento. Um sinal de que a batalha não foi vencida é que os serviços de saúde do país contabilizaram cerca de 3 mil novos casos nas últimas 24 horas.

Do Blog: acreditamos que a Itália teria tido mais sucesso e menos morte se houvesse feito conforme diz o Dr. Osmar Torre e Anthony Wong.

Nunca pensei que faríamos festa por morrerem mais de 500 pessoas em um único dia, em um país. Mas para quem vinha registrando cerca de 1.500 mortes por dia, é um número considerado baixo.

G1

Brasil registrou 45.163 mortes por violência em 2019, o Covid-19 não chegará nem a 20% disso

Rio de Janeiro - Campanha contra homicídios de jovens negros pinta centenas de silhuetas de corpos no chão do Largo da Carioca (Fernando Frazão/Arquivo Agência Brasil)
Foto de Fernando Frazão/ Arquivo da Agência Brasil

A estatística do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública registrou que as mortes por violência, ano 2019, alcançaram o número de 45.163 pessoas em todo o Brasil. Mas o Congresso fechou os ouvidos ao clamor da população brasileira, que ainda pede por mais segurança.

Mas estão fechando o Brasil por uma causa bem menos danoso, o Covid-19 que não chegará a matar 20% desse número supracitado.

Entendemos que há interesse de quebrar a economia brasileira apenas para atingir o presidente Jair Messias Bolsonaro.

Não há uma só pessoa que saia para o trabalho sem ter medo de ser assaltada, de não conseguir voltar para casa, de ser vítima de latrocínio. Mas esse clamor que se faz há décadas, o congresso não escuta.

Não devemos nuca minimizar os cuidado contra o coronavírus, mas com certeza, há mais medo constante e real no povo brasileiro de ser assaltado e morto por um bandido do que ser morto pelo Covid-19.

Vejam que as mortes causadas por assaltantes não é difícil de se conter, pois aumentado as penas com mais severidades, tanto de quem comete a materialidade delitiva fatal, como os que cometem o crime de receptação.

Sempre vimos que o receptador é um grande patrocinador do crime do roubo (Art. 157 do CP), que tem pena de 4 a 10 anos, e multa; enquanto o crime de receptação (Art. 180 do CP) tem pena de 1 a 4 anos, e multa. Mas nas muitas vezes esse receptador nem mesmo vai ficar preso.

Contra o Covid-19, só há um remédio até agora, é imunizar mais de 50% da população, e atender nos hospitais os casos mais graves.

Os mais jovens e saudáveis podem saírem e adquirirem os anticorpos, o que irá promover a defesa dos mais vulneráveis.

Ciência defendida pelo Dr, Osmar Terra e Anthony Wong.

Coronavírus: Governo do RN e fábricas fazem acordo para produzir e distribuir 7 milhões de máscaras

Máscaras de pano podem ser alternativa para população, segundo recomendação do Ministério da Saúde — Foto: Redes Sociais/Reprodução
Máscaras de pano podem ser alternativa para população, segundo recomendação do Ministério da Saúde — Foto: Redes Sociais/Reprodução

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou um acordo com fábricas de roupa no interior do estado para produzir 7 milhões de máscaras de panos que deverão ser distribuídas à população. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a medida visa garantir a proteção da população contra o novo coronavírus, responsável pela Covid-19.

Em reunião realizada por meio de videoconferência na sexta-feira (3), o secretário Jaime Calado (Sedec) conversou com o diretor industrial da Guararapes, Jairo Amorim, com o diretor industrial da Hering, Marcelo Toledo, e representantes do setor produtivo do estado. Para dar conta do volume de produção, serão acionadas as 78 oficinas de costura que fazem parte do programa Pró-sertão.

Cada oficina, ainda de acordo com o Estado, poderá produzir 8.400 peças por dia. Diferente do modelo N95 de TNT, utilizadas por profissionais da saúde, as máscaras produzidas por elas serão feitas de malha, seguindo orientações do próprio Ministério da Saúde, e destinadas à população em geral. Segundo o governo, com isso, o Estado garante que as máscaras homologadas pela Anvisa (N95) , já em circulação, cheguem aos médicos e enfermeiros, expostos a uma carga viral bem maior, ao mesmo tempo em que se fornece uma opção viável para a população.

O importante é que a máscara cubra a região da boca e do nariz, sem deixar espaços nas laterais, e seja dupla, para impedir com eficiência a penetração do vírus”, disse o secretário Jaime Calado, que é médico sanitarista. Ele ainda lembrou que as máscaras de tecido podem ser higienizadas e reaproveitadas pelos usuários.

G1RN

90% dos hotéis do RN estão fechados por causa do coronavírus, diz ABIH: ‘ano perdido’

Via Costeira concentra boa parte dos leitos de hotéis em Natal — Foto: Divulgação/ABIH
Via Costeira concentra boa parte dos leitos de hotéis em Natal — Foto: Divulgação/ABIH

O que parecia um período promissor, agora é “um ano perdido”, nas palavras do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) no Rio Grande do Norte, José Odécio. De acordo com ele, 90% dos estabelecimentos do estado já estão fechados, e logo a porcentagem poderá chegar a 100%. Tudo por causa da pandemia do novo coronavírus. O setor é responsável por aproximadamente 50 mil empregos no estado.

“Nosso perfil é o de turismo de férias. Os grandes hotéis já estão fechados e os que ainda estão funcionando são aqueles mais do centro da cidade, que atendem o público corporativo, que ainda precisa se deslocar”, afirma. “Pipa, São Miguel do Gostoso… nesses destinos está tudo fechado”, ressalta.

De acordo com ele, parte dos hotéis está em férias coletivas. Também já houve demissões, porém mais aquelas decorrentes do período de baixa temporada. Os números ainda estão sendo levantados.

G1RN