Archive for março 27th, 2020

Covid-19: Perguntas que não temos respostas

Covid-19: Itália com mais 50 desde ontem. Maioria na região de ...
Foto: da Internet
  1. Por que a Itália mesmo depois de adotar o isolamento social horizontal teve um acréscimo de mortes contabilizando 9.134 mortos?Só hoje (27) morreram 919. O isolamento de lá não estaria dando certo?
  2. Não seria por causa de outro vírus (por exemplo, o H1N1 que foi indicado por tantos especialistas) que também pode ter atacado aquele país?

3. Por que a Suíça que fica um pouco mais de 800 Km da Itália tem uma contaminação bem menor, com apenas 197 mortos? No mesmo caso, Mônaco que está a menos de 700 Km do mesmo país, e não tem nenhum caso de morte;

4. Por que a China que foi o epicentro da pandemia não apresenta grande número de mortes? Apresentou até agora 3.292, quando contabilizam mais de 1,300 bilhões de habitantes;

5) Por que o Dr. Drauzio Varella deu uma interpretação sobre o Coronavírus, gravando um vídeo minimizando os sintomas, depois gravou outro aterrorizando a população? Como acreditar hoje no Dr. Drauzio Varella?

6) Por que há tantas contradições entre doutores, e a maioria aponta para uma situação menos letal?

7) Por que o Dr. Osmar Terra, deputado federal do RS, garante que o isolamento não adiantará em nada para conter as contaminações?

8) Por que os telejornais iniciam com chamadas de matérias assombrando o povo brasileiro, insinuando que o Covid-19 pode matar todo mundo, e não contam o número de pessoas curadas?

9) Por que mais de 27 pessoas próximos ao presidente Bolsoanaro foram contaminados e ele não sofreu nada até ao momento?

10) Por que o presidente dos EUA Donal Trump, que esteve tão perto dos secretários e ministros do Brasil, na última viagem de Bolsonaro aquele país, também não adoeceu?

Assembleia institui sessão remota para votação parlamentar

A pandemia do coronavírus tem efeitos na saúde da população em todo o mundo. Para manter a regularidade na atividade legislativa e minimizar as possibilidades de transmissão do vírus, a Assembleia do Rio Grande do Norte oficializa o Sistema de Deliberação Remota (SDR) para atividades no parlamento potiguar.

“Vamos assegurar a tramitação de projetos de lei desenvolvidos pelos deputados estaduais e as medidas adotadas pelo Legislativo no Rio Grande do Norte, preservando a saúde dos parlamentares e servidores e minimizando os riscos das sessões presenciais”, garante o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB).

O SDR terá por base uma plataforma que permita o debate e a votação, em vídeo e áudio, entre os parlamentares, e terá requisitos operacionais, funcionando em plataformas de comunicação móvel em aplicativo ou via computadores conectados à rede mundial de computadores (internet).

De acordo com o diretor de Gestão Tecnológica, Mario Sérgio Gurgel, os procedimentos instituídos no SDR, serão instituídos desde a primeira sessão, ficando admitidos pronunciamentos referentes ao tema pautado, pelo prazo improrrogável de 5 minutos, de acordo com o Regimento Interno. “A plataforma tem segurança na tecnologia da informação e garante uso virtual de todos os parlamentares ao mesmo tempo”, comemora.

Na próxima semana, os deputados estaduais farão o treinamento online e o cadastramento do equipamento para instalar o aplicativo desenvolvido internamente pela Diretoria de Gestão Tecnológica e aprovado de acordo com as regras do Senado Federal.

As sessões legislativas – que ocorrerão temporariamente de maneira virtual – também serão transmitidas pela Tv Assembleia no canal aberto 51.3 no site da ALRN al.rn.leg.br e nas redes sociais @assembleiarn.

700 milhões de chineses podem já está com coronavírus e imunizados

Com a divulgação de apenas um pouco mais de 81 mil infectados na China, e 3.292 mortos por causa do coronavírus, segundo o médico e deputado federal, Dr. Osmar Terra, do Rio Grande do Sul, quando o vírus vem se manifestar em alguém, já há muitas pessoas contaminadas e não apresentam sintoma algum.

Então o Covid-19 pode já está em muitos lugares e não esteja causando os estragos apocalípticos por alguns propagados, causando terror nas pessoas.

No Brasil, o vírus tem mais dificuldades de se manisfestar com mais rapidez por ser um país tropical, se concentrando em uma região mais fria.

No Nordeste a catástrofe propagada pelos que interessam em assombrar o povo, pode não acontecer.

O que se deve fazer, segundo os especialistas, é lavar as mãos e proteger a todo custo possível os idosos e os que sofrem de doenças graves.

Covid-19: o percentual de mortes nos EUA é bem menor do que na Itália

Unidades de saúde coletam amostras para testes de Covid-19 ...
Foto da Internet

Os EUA vêm contabilizando um aumento esperado pela contaminação, identificada, pelo Coronavírus, chegando hoje (27) ao número de 85.505 contaminados (os que foram registrados) contra 1.288 mortes. Um percentual de 1,4% de óbitos.

Na Itália, apesar de agora de ter uma contaminação menor do que os EUA, há um percentual de morte bem maior do que no país americano, o que pode comprovar que não é apenas o Covid-19 que esteja matando na Itália.

Segundo especialistas, o país europeu sofre uma crise com a junção de dois vírus, o H1N1 e o Covid-19, além de contar com a gripe normal que nessa época sempre morre muita gente em todo o mundo.

A Itália contabilizou hoje (27) o número de 80.539 infectados registrado, contra o número de 8.215 mortes. Um percentual de de mais de 10% de óbito. Isto é, a Itália conta com 10% de mortes contra 1,4% dos EUA, o que pode ser, no futuro, comprovado de que não é apenas o Covid-19 que esteja matando toda essa gente na Itália.

Governo Bolsonaro: veja quem pode receber o “benefício de R$ 600” por causa do Covid-19

André Zara: Seu medo te impede de ganhar dinheiro? - Money Times
Foto da Internet

O benefício do governo federal, sob o comando do presidente Bolsonaro, de R$ 600 para os autônomos pode alcançar cerca de mais de 24 milhões de trabalhadores espalhados em todo o Brasil.

A princípio está sendo divulgado que esse trabalhador deve, apesar de autônomo deve ser formal (com registro), e que tenha no máximo uma renda per capita de R$ 522,50 por pessoa, não podendo ultrapassar o valor total por família de R$ 3.135,00.

Exemplo: uma família, que vive como autônomo, que ganha um salário mínimo, e tem três pessoas, poderá receber o benefício. Essa é a previsão.

A medida vai beneficiar os que são do MEI, não podendo ser acumulado com os que recebem o Bolsa Família.

Para ter acesso ao auxílio, a pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  1. Ser maior de 18 anos de idade;
  2. Não ter emprego formal;
  3. Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
  4. Renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e
  5. Não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

A pessoa candidata deverá ainda cumprir uma dessas condições:

  1. Exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI);
  2. Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS);
  3. Ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); ou
  4. Ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

Fonte: IG

Coronavírus: Kleber Rodrigues remaneja quase R$ 1,5 milhão em emendas para a Saúde

Com a gravíssima crise na rede pública de saúde provocada pela pandemia do Coronavírus, o deputado Kleber Rodrigues (PL) remanejou parte das emendas individuais para a rede pública de saúde dos municípios. O parlamentar conversou individualmente com os prefeitos que foram beneficiados com as emendas, destinando os valores para as rubrica da saúde.

“Fizemos um grande remanejamento das emendas individuais do nosso mandato. Contamos com o apoio dos prefeitos que, com toda sensibilidade, aceitaram a mudança de rubrica passando os valores integralmente para compra de material e equipamentos para saúde. Com isso, nosso mandato destina quase R$ 1,5 milhão para a rede pública municipal de saúde de diversas cidades”, disse Kleber Rodrigues.

O parlamentar acrescentou que paralelamente ao remanejamento de emendas, seu mandato permanece atuante na Assembleia Legislativa para todos os projetos que visam melhorar a rede pública de saúde.