Archive for fevereiro 27th, 2020

Hermano reforça necessidade de gerar novas perspectivas e vagas de emprego no RN

Os dados sobre a geração de trabalho formal no Rio Grande do Norte em 2019, divulgados pelo Cadastro Geral de Empregos e Desempregados (Caged), órgão do Ministério da Economia, foi tema do discurso do deputado estadual Hermano Morais (PSB), na sessão ordinária desta quinta-feira (27) na Assembleia Legislativa.

“Tenho o costume de analisar esses dados e identificar a situação do nosso Estado em relação ao crescimento dos empregos formais. O que me preocupa é a lentidão na recuperação desses postos de trabalho”, disse

O parlamentar levou para o plenário os números que indicam que em 2019 o RN encerrou o ano com saldo positivo. A diferença entre admissões e demissões no ano ficou em 3.741 vagas. “Porém, após seis esses com número de admissões superior às demissões, o Estado voltou a demitir mais e findou o mês com saldo negativo de 3.133 vagas”, comentou Hermano.

Segundo o parlamentar, a expectativa para 2020 é que haja um crescimento nos postos de trabalho formais. “Vamos ser otimistas e acreditar que o Brasil vai melhorar no seu aspecto econômico e que vai gerar empregos para os milhares de brasileiros que tanto sonham em reocupar uma vaga formal e ter de volta a sua carteira assinada”, salientou.

O parlamentar fez um comparativo em relação as regiões do país. “Mesmo não estando na pior colocação, ainda é tímido o crescimento de vagas de empregos formais no Rio Grande do Norte”, e destacou que: “Há uma necessidade urgente de que se criem novas perspectivas de gerar mais vagas de emprego neste Estado. Há também a necessidade de novos investimentos, maior estímulo a economia criativa, como por exemplo, ao turismo”, ressaltou.

Por fim, o deputado Hermano Morais comentou as declarações do ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General Heleno, quando este tratou o Congresso Nacional como “chantagista”. “Isso é muito preocupante, vindo de uma democracia plena. O que não se pode é causar crise quando não há necessidade. O Brasil se depara com uma crise econômica que tem efeitos reais na vida do povo e um comentário como esse pode gerar crises políticas que podem afetar inclusive o desempenho econômico do país e isso não é aceitável, ainda mais vindo de onde veio”, lamentou.

Hermano Morais encerrou seu discurso pedindo mais consciência aos que estão a frente dos poderes no Brasil e registrando o seu protesto como um deputado representante do povo do RN. “Espero que haja consciência e que não tenhamos retrocesso político nesse país. Lutamos muito pela redemocratização para agora ver ocupantes de cargos públicos deixando as instituições em situação de dificuldade e assim colocando em perigo a democracia no Brasil”. O deputado finalizou dizendo: “Sou apenas um deputado do Rio Grande do Norte, mas não poderia me calar. Lamento muito que esse tipo de crise esteja acontecendo de forma periódica, promovendo um ambiente de instabilidade que seja logo debelado”, finalizou.

Ceará tem 43 policiais militares presos desde o início da paralisação

Encapuzados. Policiais militares amotinados no 18º batalhão, no bairro de Antônio Bezerra, Zona Oeste de Fortaleza Foto: Jarbas Oliveira / Agência O Globo
Encapuzados. Policiais militares amotinados no 18º batalhão, no bairro de Antônio Bezerra, Zona Oeste de Fortaleza Foto: Jarbas Oliveira / Agência O Globo

A secretaria de Segurança Pública do estado do Ceará  informou que 43 policiais militares foram presos até a madrugada desta terça-feira por participação no motim e abandono do serviço militar. Outros quatro PMs já haviam sido presos na semana passada. Três deles foram autuados pelo crime de motim, na última terça-feira, depois de serem flagrados esvaziando pneus de viaturas. Os militares estavam armados no momento das prisões. Um quarto PM foi autuado em flagrante, na madrugada da última quinta-feira, pelo crime de incêndio.

Os nomes de 61 militares da PM foram publicados em Boletim do Comando Geral, por deserção especial, ou seja, quando o militar deixa de se apresentar na força em que serve. A deserção especial é um infração contida no Código Penal Militar e tem pena de detenção de até três meses.

Outros 168 policiais militares foram afastados por participação no motim. Entre eles, o ex-deputado federal Cabo Sabino (Avante — CE) por “incapacidade moral” de permanecer “nos quadros” da segurança pública. Sabino é apontado como líder do motim. 

Os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do estado do Ceará criaram uma comissão formada por representantes de cada poder para buscar uma solução para encerrar a paralisação de parte dos policiais militares, que entrou no seu nono dia nesta quarta-feira. O Ministério Público do Ceará também participa do grupo, que será acompanhado pelo Exército Brasileiro.

Desde  o início da paralisação, 170 homicídios foram registrados no estado até esta terça-feira, segundo informações da secretaria de Segurança Pública do estado. Os chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) englobam os casos que se enquadram como homicídio doloso/feminicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio.

O Globo

Secretaria de Saúde diz que está investigando três possíveis casos de coronavírus no RN

Uma das pacientes investigadas pela Sesap fez exames no Hospital Giselda Trigueiro — Foto: Quézia Oliveira/Inter TV Cabugi
Uma das pacientes investigadas pela Sesap fez exames no Hospital Giselda Trigueiro — Foto: Quézia Oliveira/Inter TV Cabugi

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte confirmou nesta quarta-feira (26) que está investigando três possíveis casos de coronavírus no estado. De acordo com a Sesap, exames foram realizados nas pacientes para confirmar as suspeitas. Agora elas estão em quarentena domiciliar.

A Sesap informou que a investigação é para confirmar se os casos atendem, ou não os critérios para serem considerados suspeitos. Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu.

As pacientes são uma menina de 10 anos, que estava em um cruzeiro que ia pra Xangai e foi desviado pra Hong Kong, e duas mulheres, uma de 28 e outra de 45 anos, que viajaram para o norte da Itália. Não há grau de parentesco entre as três.

Não ha conformação de nenhum sintoma do Coronavírus no RN.

G1RN

TV senado apresenta dois senadores diferentes, um vai as ruas e o outro critica Bolsonaro. Julgue você mesmo

Senadores falam sobre compartilhamento de vídeo por Bolsonaro

O senador Rodolfe Rodrigues enfatizou que Bolsonaro agiu como um vulgar, que as forças nacionais devem se unir para repudiar esse ato contra o Congresso. No entanto, quem é o senador Rodolfe?

Em junho de 2015, o senador Rodolfe foi mencionado em uma delação premiada da Lava Jato, a denúncia diz que ele teira recebido 200 mil reais de Alberto Youssef, que esse dinheiro teria sido repassado entre os anos de 2012 e 2013.

Já o senador Kajuru disse que iria para as ruas no próximo dia 15 a favor do povo brasileiro. Kajuru é novo no senado, e um dia desses resolveu atacar o ministro do STF, Gilmar Mendes. Parece não ter rabo preso como alguns do Congresso.

Uns poucos do Congresso tenta dá força ao tumulto tentando levar Bolsonaro ao perigo. Bolsonaro, por sua vez, disse que seu whatsapp é pessoal, com poucos amigos, sugerindo que mandou o vídeo para um desses amigos.

Mas quem teria interceptado o envio da mensagem do whatsapp do presidente da República? Será que o celular do presidente estaria grampeado? Perguntas que precisam de respostas.