Archive for fevereiro 17th, 2020

Conselho de Corretores de Imóveis abre concurso com 10 vagas e salários de até R$ 2.177 no RN

Abertas as inscrições para o concurso da prefeitura de Mamanguape, PB — Foto: Divulgação

Um concurso com 10 vagas de ensino médio e superior e que oferece salários de até 2.177,92, além de outros auxílios, teve edital lançado pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Rio Grande do Norte (Creci-RN). A seleção também irá criar um cadastro de reserva para a autarquia. As oportunidades são para cargos de assistente administrativo e profissional analista superior.

De acordo com o órgão, a seleção será realizada pelo Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) da UFRN. As inscrições acontecem no período de 02 à 23 de março nos valores de R$ 80 para candidatos do ensino médio e R$ 100 para ensino superior. Os salários vão de R$ 1.547,81 (ensino médio) a R$ 2.177,92 (ensino superior), acrescido dos auxílios transporte e alimentação e plano de saúde/odontológico, custeado parcialmente pela instituição.

A previsão é de que prova seja realizada no dia 19 de abril com questões de múltiplas escolha de língua portuguesa, matemática, raciocínio lógico e legislação específica. Veja o edital aqui.

São seis vagas para assistente administrativo, sendo quatro de ampla concorrência, uma destinada às cotas e outra reservada para candidatos com deficiência. Já para o cargo de profissional analista superior (agente fiscal), serão três vagas ofertadas de ampla concorrência e uma de cotas. É necessário o diploma de curso superior e carteira de habilitação na categoria B. Os dois cargos compreendem jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/n

Na volta às aulas, nutricionista potiguar dá dicas de como montar lanches saudáveis e divertidos

Alimentos saudáveis fazem bem ao estudante e são essenciais para o bom desenvolvimento — Foto: Divulgação

Com a nova rotina de acordar cedo com a volta às aulas, muitas famílias acabam procurando opções de lanches rápidos para suprir as necessidades alimentares durante a correria do dia-a-dia. No entanto, a nutricionista Aline Santos explica que há inúmeras opções de comidas rápidas e acessíveis que garantem às crianças e adolescentes uma alimentação muito mais rica em nutrientes. Por isso, é hora de esquecer as versões industrializadas e conferir todas as dicas para montar uma lancheira saudável.

Segundo Aline Santos, nutricionista do Colégio das Neves em Natal, é importante que as famílias passem a incluir alimentos saudáveis, que façam bem ao estudante e que contribuam para o bom desenvolvimento escolar.

“Muitas famílias querem que a criança tenha desjejum, almoço e jantar, mas acabam montando lancheiras com biscoitos recheados, salgadinhos, doces, sucos industrializados e refrigerantes. Construir essa rotina de alimentação pode influenciar a criança somente a gostar desse tipo de produto, o que pode ser prejudicial à saúde física e até mesmo emocional dos alunos”, explica a profissional especializada em saúde infantil.

Apesar da rotina diária que acaba favorecendo a compra de alimentos prontos, Aline recomenda que os pais levem em consideração opções mais saudáveis para as crianças e os adolescentes.

“Para garantir as melhores escolhas, é necessário prestar mais atenção ao que está nos rótulos e embalagens, observando a quantidade de açúcar, sal e gordura, além de corantes, conservantes, aromatizantes, acidulantes e estabilizantes. Quanto mais natural for o alimento, melhor”, sugere.

Para a volta às aulas, a dica é que as lancheiras contenham ao menos uma fruta, de preferência às que contenham casca comestível. Também é interessante que haja sempre a complementação com uma proteína, que pode ser queijo, ovos ou iogurte.

Ainda de acordo com Aline Santos, carboidrato é outro item essencial na lancheira porque fornece energia. Isso ajuda a ampliar o cardápio das crianças, que pode variar de acordo com os dias e com as inúmeras combinações. Tapioca, batata doce, cuscuz, pães integrais, biscoitos sem recheio ou bolos caseiros também são itens que cabem na lancheira.

A aparência do lanche deve ser atrativa e organizada de maneira que as crianças possam se interessar pela comida. Entre as dicas, segundo Aline, o lanche deve ter uma variedade de texturas, cores e formas. “Envolver a criança na montagem da lancheira também é um importante momento para demonstração de carinho, além de ser uma atividade divertida”, comenta.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Projeto quer tornar gratuito e obrigatório em hospitais públicos teste que detecta câncer de próstata

Dispor sobre o exame de PSA (Antígeno Prostático Específico) na Rede Pública de Saúde do Rio Grande do Norte. Esse é o foco do Projeto de Lei nº 009/2020 da Assembleia Legislativa do RN, apresentado pelo deputado Vivaldo Costa (PSD).

Conforme seu texto, a futura norma impõe a todos os hospitais da rede pública do Estado a obrigatoriedade de realizar, gratuitamente, o teste de Antígeno Prostático Específico, com indicação de exame diagnóstico, para todo homem com 40 anos ou mais.

“É imprescindível que, a partir dos 40 anos, os homens realizem os exames de toque retal e dosagem do PSA, principalmente aqueles que apresentam fatores de risco, independentemente de sintomas. Daí a importância do nosso projeto, para dar oportunidade e qualidade de vida àqueles que não têm condições de realizá-los na rede particular”, justificou o parlamentar.

O projeto estabelece que o teste deverá ser realizado por profissional devidamente qualificado, no próprio hospital ou em postos de saúde e que, diagnosticada qualquer alteração, o paciente será encaminhado para a realização de exames complementares.

Dentre os fatores que podem influenciar o desenvolvimento da doença, estão o genético, o étnico, o hormonal e o ambiental. Além disso, uma das grandes preocupações dos médicos é que o câncer de próstata, na sua fase inicial, não apresenta nenhum sintoma, fato que torna essencial o exame preventivo regular a partir dos 40 anos.

Já nos casos de carcinoma de próstata sintomático pode ocorrer dificuldade para urinar, jato urinário fraco ou sensação de não esvaziar bem a bexiga, ou seja, sintomas de obstrução urinária. Sangramento na urina também pode ser uma queixa, embora mais rara.

“Sendo assim, o exame preventivo contribuirá para a diminuição dos índices de mortalidade em razão deste tipo de câncer, além de possibilitar que, por meio do diagnóstico precoce, os pacientes possam ser tratados com chance de cura de 90%”, concluiu Vivaldo Costa.

Assessoria