Archive for maio 19th, 2018

Deputado Ezequiel Ferreira visita ações de seu mandato no Agreste Potiguar

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa cumpriu agenda parlamentar em Bom Jesus, no Agreste Potiguar. A convite do prefeito Clécio Azevedo (PSDB), o deputado visitou ações do seu mandato nas áreas de abastecimento, saúde, segurança pública e ainda participou de um evento de mães, no centro da cidade.

Ezequiel iniciou a agenda na unidade hospitalar, onde através da Assembleia Legislativa o município recebeu uma doação de uma ambulância 0km. Depois acompanhou o prefeito e vereadores, além de moradores da comunidade Lagoa de Mel, onde 200 famílias estão sendo beneficiadas com o sistema de abastecimento de água, que será concluído até o final do mês.

“Essas ações defendidas pelo nosso mandato através de requerimentos contribuem para o desenvolvimento da cidade e dos que residem na Zona Rural. Vamos continuar apresentando pleitos não só para Bom Jesus e o Agreste Potiguar, mas para todas as regiões do Estado como temos feito diariamente na Assembleia Legislativa”, afirmou Ezequiel Ferreira.

Clécio Azevedo e Ezequiel visitaram os policiais militares que atuam na segurança pública de Bom Jesus, onde recentemente receberam uma nova viatura policial, modelo gol, através de requerimento do deputado Ezequiel Ferreira encaminhado a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social.

“Todas essas ações em Bom Jesus não teriam acontecido se o deputado não tivesse ajudado na defesa dos interesses do nosso povo. Ezequiel tem sido um parceiro importante da gestão e sabemos que podemos contar com seu mandato na Assembleia Legislativa”, frisou o prefeito Clécio Azevedo.

IEADERN: 100 anos de fundação, de festa, de maravilhas; 6 de uma diretoria ímpia

Imagem do site oficial da IEADERN.

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Estado do Rio Grande do Norte – IEADERN – está completando seus 100 anos no próximo dia 26 de maio de 2018. Sua fundação no RN se deu por meio do missionário Adriano Nobre, em 1918.

Tão bela como foi a história da fundação da Assembleia de Deus no Brasil, também é a história dessa igreja neste Estado. Seus membros e pastores têm o sagrado direito de comemorarem essa festa que acontecerá numa parte do Arena das Dunas, Natal-RN.

Como este escritor gostaria de poder festejar esses 100 anos! Mas como muitos dos nossos queridos irmãos que não comungam com a mentira, o engano e até com a falsificação de documentos, as perseguição feita pela nova diretoria que hoje administra a IEADERN, que castrou, sem piedade, a presidência do saudoso e ungido Pr. Raimundo João de Santana, apenas com intuito de ascender aos cargos do poder, por dinheiro, não poderemos festejar esses 100 anos. Mas é um direito de muitos fazerem essa festa; o que respeitaremos.

RELEMBRANDO OS FATOS

No dia 23 de dezembro de 2011, se reuniram, pela manhã, no templo da IEADERN, alguns pastores, em Assembleia Ministerial, para fazerem acusações contra a diretoria apresentada pelo pastor presidente da época, o Pr. Santana.

O Pr. Antônio Carlos Lorenzetti tentou acalmar os ânimos que se exaltavam contra o saudoso presidente; mas não foi atendido. Lorenzetti zelava pelo bom nome da igreja; mas hoje é um dos feridos na ocasião da festa dos 100 anos.

Quando viu que estava perdendo espaço para os pastores carnais, seguidores, na época, do Pr. Martim Alves da Silva que incitava, sorrateiramente, contra o Pr. Santana com o objetivo de tomar a presidência (grifo nosso), Lorinzetti sugeriu naquela reunião que a AGO que aconteceria na noite daquele dia -23/12/2011- fosse suspensa e adiada para o dia 10 de fevereiro de 2012; o que foi acatado por todos. Por conta disso não ocorreu a AGO na noite do dia 23 de dezembro de 2011. Isto está registrado em documentos.

Parte de documento que comprova que não houve aquele AGO da Ata falsificada.

O Pr. Israel Caudas, naquela noite, anunciou à igreja as decisões tomadas pela manhã e deu prosseguimento ao culto, onde havia uns quatro pastores, já que a AGO não ocorreria mais. Os pastores retornaram para suas cidades, e os da capital também não compareceram.

Mas aquela suposta diretoria que respondia na condição – indevida –  como vice-presidente o Pr. Israel Caudas, com o apoio do pastor Martim Alves falsificaram uma Ata como aqui, por vezes foi noticiado.

Essa Ata diz, contradizendo a verdade que está documentada, que houve prorrogação daquela diretoria para o dia 10 de abril de 2012. Um documento falsificado com o objetivo de garantir a eleição do Pr. Martim Alves da Silva, como também de sua diretoria. Na Ata tem uma assinatura do Pr. Raimundo João de Santana, com uma caligrafia que não condiz com sua caligrafia.

Observem o final da caligrafia que não é do presidente Santana

Por isso são 6 anos de uma diretoria ímpia, mentiras, de enganos, e que não merecem o apresso dos verdadeiros cristãos. Respeitando os que não entenderam, até ao momento, a gravidade dos fatos.

Pergunta-se: onde está o dinheiro da transformação da Rádio Nordeste Evangélica de AM para FM? Segundo informações, foram mais de 3 milhões de Reais, arrecadado em forma de caixa dois. Já que nada foi registrado no tesouro da IEADERN.

AUDIÊNCIA NA JUSTIÇA

No próximo dia 30, o pastor Martim Alves, e sua diretoria, deverão comparecer a uma audiência na justiça para tentar esclarecer os porquês de tantos erros cometidos contra a igreja. Na ocasião será dada oportunidade de ambas as partes apresentarem sugestões para resolverem o impasse.

Do outro lado estará o Pr. Hilton Andrade e outros três irmãos que farão também suas sugestões.  Mas pelo colhido, todos desejam que o pecado contra a igreja seja desmanchado, tornando-se quase improvável haver uma reconciliação com o erro, salvo se o Pr. Martim Alves e sua diretoria resolvam serem verdadeiros a partir dessa data; o que não acreditamos.

Tomamos informações de que a proposta de Pr. Hilton Andrade é de que o Pr. Martim Alves e sua diretoria se reconcilie com a igreja e que aceite uma nova eleição, sem prejuízo para o pastor Martim, já que pelo Estatuto da IEADERN, ele ficaria impedido de concorrer nas eleições.

Este processo teve início por este diácono, Laurivan de Sousa, que foi castrado seu direito quando o Pr. Martim Alves e o Pr. Reginaldo Luna forjaram uma baixa do meu nome do rol de membro da IEADERN.

É verdade que fizemos uma carta de auto-exclusão, como também fizemos outra, posteriormente, pedindo perdão e fazendo meu direito de continuar na igreja. Fui convidado pelo Pr. Reginaldo Luna a comparecer em uma reunião, onde me disseram que o Pr. Martim Alves e sua diretoria não queriam que eu permanecesse na igreja. Dissemos a eles que eles não eram os donos da IEADERN, mas eles fizeram convencer aquele juízo que este diácono não era mais membro. O que não era verdade. Por isso, Deus levantou o Pr. Hilton Andrade e esses outros para continuarem essa luta que terá todo meu apoio, como tem desde o início.

Eles irão se encontrar em audiência no próximo dia 30 de maio. O que dirá a justiça?

O RETORNO

Tenho pensado em retornar a me congregar de novo na central da IEADERN. Não é difícil fazer isso. Sentimos saudades do Conjunto Vitória, dos corais, da Banda Gêneses. Passamos 34 anos nessa organização religiosa. Quem sabe este diácono volta assentar-se naquela galeria.