Archive for agosto 23rd, 2017

Goiânia: Adolescente de 13 anos assassina vizinha de 14.

Em Goiânia, adolescente de 13 anos assassina vizinha de 14 anos no setor Jardim América
A vítima da fúria de um colega morreu com dez facadas. Foto: Reproduzida

Nesta quarta-feira (23), adolescente de 13 anos foi apreendido por suspeita de matar a vizinha Tamires Paula de Almeida, 14 anos, no setor Jardim América – Goiânia. O assassinato ocorreu no 5º andar do prédio onde eles moram. Ambos também estudaram na mesma escola estadual, localizada no mesmo setor.

A estudante foi assassinada por volta das 13 horas da tarde, quando os adolescentes foram à escola. O capitão da polícia militar Leonidio Alves de Moraes Júnior, responsável pelo caso, disse que eles se encontraram no elevador. “O adolescente a arrastou para a a escada de incêndio e a esfaqueou.

A vítima foi esfaqueada dez vezes, nos braços pescoço e tórax”, disse ele. O adolescente foi para o colégio, onde disse o que ele fez ao coordenador do turno da tarde. Adiante, uma da escola correu para o prédio para tentar prestar socorros a vítima. “Uma pessoa foi ao corredor e, sem saber, pediu ajuda no apartamento que pertencia à mãe da vítima”, disse o capitão, “e foi uma ocorrência muito traumática”.

Um vizinho de 46 anos, que não queria revelar sua identidade, disse que esbarrou com o adolescente várias vezes no prédio e que todos ficaram chocados com o ocorrido. “É um condomínio muito familiar, envolve duas crianças, isso nos assusta, porque não sabemos o que aconteceu”, falou ele.

O delegado Paulo Ribeiro, da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), estava em cena. No entanto, ele disse que o caso deve pela Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai).

“Ainda não conhecemos a motivação do crime. Não podemos antecipar nada neste caso porque não conhecemos os motivos que levaram a isso”, afirmou. O delegado apontou que o sistema de monitoramento não registrou a morte da menina.

“As câmeras de segurança mostram que ele (adolescente apreendido) desceu do elevador e saiu do prédio, mas eles não relataram o crime”, disse ele. Ainda de acordo com o investigador, não foi possível ver as imagens se o menino deixou o prédio com a faca na mão ou não.

A Polícia Técnico Científica estava no prédio para realizar a perícia. O corpo da vítima foi retirado do local às 17h40 e levado para o Instituto Médico Legal (IML) em Goiânia. Uma amiga da mãe da vítima, uma dona de casa de 50 anos, que também preferiu não revelar sua identidade, disse que a menina morava com sua mãe.

A menina frequentou o 9º ano da escola primária. Segundo ela, a mãe do adolescente ficou doente ao saber da morte de sua filha e foi internada no Hospital Jardim América – Goiânia. “Sua mãe a viu morta e entrou em choque. Ela está desesperada”, disse.

– Jornal Opinião Goiás: https://opiniaogoias.com.br/2017/08/23/em-goiania-adolescente-de-13-anos-assassina-vizinha-de-14-anos-no-setor-jardim-america-12972.html

Navio com cerca de 70 pessoas naufraga no Rio Xingu, no Pará

São Paulo – Uma embarcação de passageiros com cerca de 70 pessoas a bordo naufragou por volta das 21h desta terça-feira (22) no Rio Xingu, no Pará. Segundo informações da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup),  15 pessoas foram resgatadas com vida e 10 corpos foram encontrados.

O barco “Comandante Ribeiro” saiu de Santarém (PA) na segunda-feira (21) por volta das 21h e viajava para Vitória do Xingu, com escala nos municípios de Monte Alegre e Prainha. O navio afundou entre as cidades de Porto de Moz e Senador José Porfírio, no sudoeste do Pará. Embarcações de resgate estão no local.

Navio com cerca de 70 pessoas naufraga no Rio Xingu, no Pará
Navio com cerca de 70 pessoas naufraga no Rio Xingu, no Pará (TV Liberal/Reprodução)

Leia mais no Link http://exame.abril.com.br/brasil/navio-com-70-pessoas-naufraga-no-rio-xingu-no-para/

Plano de políticas para criança e adolescente é discutido na Assembleia Legislativa

O plano que pretende ordenar as políticas de assistência e desenvolvimento para a criança e o adolescente no Rio Grande do Norte foi discutido em audiência pública na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (23). A proposição do debate foi da deputada Márcia Maia (PSDB).

“O plano está previsto para entrar em consulta pública virtual a partir de setembro de 2017 e a previsão de finalização final em novembro de 2017. A vigência é de 2018 a 2027. Atualmente, uma grande lacuna existente nesse processo é a definição do órgão gestor estadual que irá coordenar a execução e monitoramento do Plano dentro do governo do estado”, comentou a deputada, que pediu ainda debate propositivo sobre o tema.

Promotora com atribuições sobre a matéria, Sandra Angélica observou que a discussão precisa considerar o aspecto orçamentário, sob pena de incorrer em mais uma carta de intenções.

“Dois pontos se alinham como cruciais: o ponto de partida para que possamos chegar, a questão orçamentária e de definição de um órgão gestor. A questão orçamentária todos nós compreendemos que o orçamento é necessário e que se destine orçamento para políticas de atendimento à criança e adolescente”, discorreu a representante do Ministério Público.

Para José Alberto Calazans, da Defensoria Pública, a definição do órgão gestor das propostas precisa considerar o aspecto gerencial, pois as política delimitadas para a criança e o adolescente serão inócuas se não houver planejamento nesse sentido.

A identificação de um ponto de cobrança a partir de um órgão gestor norteou os debates sobre a matéria, com os representantes de órgãos associados ao tema reforçando a necessidade de se definir a quem vai competir a execução do plano.

TJ fixa prazo limite para afastamento de Ranieri Barbosa da Câmara Municipal de Natal

Justiça determinou afastamento de Raniere Barbosa da presidência da Câmara Municipal de Natal (Foto: Elpídio Junior)
Justiça determinou afastamento de Raniere Barbosa da presidência da Câmara Municipal de Natal (Foto: Elpídio Junior)

O Tribunal de Justiça do RN determinou que o afastamento de Raniere Barbosa das funções de vereador de Natal e da função de presidente da Câmara Municipal de Natal seja revogado no dia 22 de outubro, caso ele não seja denunciado até esta data. Raniere está afastado desde 24 de julho, em razão da deflagração da Operação Cidade Luz, que investiga superfaturamento e pagamento de propina nos contratos da iluminação pública da capital.

Ele poderá voltar às função na data fixada pelo TJ desde que não seja oferecida denúncia contra o investigado até o dia 21 de outubro. Com a revogação, terminaria também a medida cautelar de proibição de acesso de Raniere Barbosa às dependências da Câmara Municipal.

A fixação do prazo atende à determinação da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, que no último dia 15 de agosto julgou pedido de Habeas Corpus movido pela defesa e definiu que o juízo de 1ª instância deveria fixar prazo para a duração das medidas cautelares.

Na mesma decisão, o juiz José Armando Ponte determina que, caso Raniere Barbosa seja denunciado até o dia 21 de outubro de 2017, as medidas cautelares de afastamento das funções de vereador, assim como a proibição de acesso às dependências da CMN, devem ser revogadas a partir de 22 de maio de 2018. Já o afastamento da Presidência da Câmara deve ser revogado a partir de 22 de agosto de 2018, caso a denúncia também seja apresentada até o dia 21 de novembro de 2017.

O magistrado observa que os prazos poderão ser eventualmente prorrogados ou até antecipados, por meio de nova decisão. O juiz manteve as demais medidas cautelares impostas a Raniere Barbosa e aos demais investigados e empresas no âmbito do processo.

Leia mais no link http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/tj-fixa-prazo-limite-para-afastamento-de-ranieri-barbosa-da-camara-municipal-de-natal.ghtml

Deputados se solidarizam com ministro Marcelo Navarro, inocentado pela PF

 

Em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (23), na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) se pronunciou e se solidarizou com o ministro Marcelo Ribeiro Navarro Dantas após divulgação de relatório da Polícia Federal concluindo que não houve crime de obstrução de justiça na indicação do magistrado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) por parte da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2015. O documento ganhou publicidade na imprensa nacional na terça-feira (22) e a PF apontou que, feitas todas as diligências, não se confirmou a denúncia contra o potiguar.

“Doutor Marcelo Navarro é um patrimônio intelectual e jurídico do nosso Estado. É daqueles  que viraram referência e por isso merece esse registro. Pois na hora de chancelar a inocência, não se dá o mesmo espaço dado na hora de se fazer acusação. Merece esse registro porque o processo de tirá-lo do noticiário negativo não corre na mesma velocidade de quando foi incluí-lo”, destacou Kelps Lima.

O deputado Fernando Mineiro (PT) classificou o episódio como “um dos fatos mais lamentáveis da história política e jurídica do Brasil” e ainda traçou um paralelo com a história do processo que afastou a ex-presidente Dilma Housseff do poder. “Vocês imaginam quantas denúncias foram feitas e serviram de base para afastar Dilma e que são infundadas. Muitas reputações foram jogadas no lixo”, disse.

Em aparte, os deputados Hermano Morais (PMDB), José Dias (PSDB) e Getúlio Rêgo (DEM) destacaram a trajetória e a reputação do ministro. “Conheço desde criança, quando éramos alunos do Colégio Marista e ele sempre foi dos mais destacados, aluno brilhante que passou em todos os concursos que prestava, sempre com nota máxima”, disse Hermano Morais

José Dias se disse aliviado e lembrou da angústia vivida pela família, enquanto Getúlio Rêgo lembrou da passagem de Marcelo Navarro como procurador geral da Assembleia Legislativa e destacou o preconceito sofrido pela sua origem. “Sempre existe uma resistência por ser de um estado pequeno. Quantas vezes os jornais massacram políticos apenas por serem nordestinos”, disse.

Os deputados Gustavo Carvalho (PSDB) e George Soares (PR) também contribuíram com o pronunciamento iniciado por Kelps Lima. “Desde o dia que esta delação ocupou a grande mídia brasileira, eu já tinha certeza que o desfecho não seria diferente”, disse Gustavo. Enquanto George Soares (PR), prestou solidariedade ao ministro e sua família.

 

Assessoria

Homem armado e encapuzado faz arrastão em escola no RN

Em Natal, bandidos fazem arrastão em escola

Quatro homens armados fizeram um arrastão em uma escola da zona rural de Pedro Velho, na região Leste potiguar. Eles levaram celulares dos alunos e agrediram uma professora com coronhadas. As câmeras de vigilância da escola flagraram a ação. Veja o vídeo.

De acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu por volta das 19h, quando começavam as aulas noturnas na Escola Municipal São Sebastião, que fica no distrito Cuité. Os criminosos chegam em duas motos, mas apenas dois entraram na unidade. Um estava encapuzado. O outro não se incomodou em mostrar o rosto.

Dois comparsas permaneceram do lado de fora, para dar cobertura na fuga.

Dentro da escola, os suspeitos entraram de sala em sala tomando celulares de alunos e professores. De acordo com a PM, eles foram agressivos e faziam ameaças. Um dos suspeitos chegou a bater com a arma em uma das professoras.

Os suspeitos fugiram logo em seguida no sentido ao sítio Boca – outro distrito do município.

Policiais de Pedro Velho e de Montanhas fizeram buscas na região, mas não encontraram os suspeitos. Ninguém foi preso até o momento.

Do G1RN

Audiência na Assembleia Legislativa vai debater recuperação da Cajucultura no RN

O Programa de Recuperação da Cajucultura no Rio Grande do Norte será tema de audiência pública nesta quinta-feira (24), na Assembleia Legislativa. O debate, proposto pelo deputado Hermano Morais (PMDB), acontece a partir das 14h, no auditório da Casa Legislativa, e irá reunir representantes do Poder Público, produtores, técnicos, comerciantes e órgãos competentes acerca do tema.

“Apesar de figurar entre os principais produtos da pauta de exportação do Estado, a castanha de caju apresentou um declínio nas exportações devido à seca. O longo período de estiagem mudou a paisagem e a Cajucultura potiguar não conseguiu segurar o ritmo de produção nos pomares devido à escassez de chuvas. A audiência pretende minimizar os impactos, solucionar os problemas e reerguer a Cajucultura em nosso Estado”, avalia Hermano Morais.

Os maiores polos produtores de caju do RN registraram perdas de produção em 2016, apesar de sinais de recuperação dessa lavoura. Na região da Serra de Sant’Ana, no Seridó, as baixas registram 40% da produção. Já na Serra do Mel esse número sobe para 45%. A região com os maiores danos é o Médio Oeste, onde as perdas chegam a 80%.

O RN é o principal exportador de castanha de caju do país. De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, em 2011, ano em que se registraram boas chuvas no Estado, 5,7 mil toneladas de castanha de caju fresca e sem casca foram vendidas para o exterior. No ano de 2014, já em emergência por causa da seca, o RN exportou pouco mais de 3,3 mil toneladas. Em 2015, de janeiro a outubro, cerca de 1,7 mil toneladas foram exportadas. De acordo com o deputado, o atual cenário é reflexo da descontinuidade de programas, sucessivos períodos de estiagem, incidência de pragas e pomares envelhecidos.

Participarão da audiência representantes da Federação da Agricultura e Pecuária do RN (FAERN), Serviço Nacional e Aprendizagem Rural (SENAR), Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (EMPARN), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (FETARN), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural Diretoria Administração e Financeira (EMATER), Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) e Usina Brasileira de Óleo e Castanha (USIBRAS).

 

Assessoria

Estudo revela frequência de relações sexuais por faixa etária

Resultado de imagem para Sexo sadio
Foto: Vstock LLC/Tetra Images/Corbis

Um levantamento feito pelo Instituto Kinsey, da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, revelou a frequência média com que as pessoas fazem sexo de acordo com a idade.

A faixa entre 18 e 29 anos, como esperado, tem o maior número de relações sexuais: uma média de 112 vezes por ano (ou duas a três vezes por semana).

Conforme o tempo passa, a quantidade de vai caindo. Dos 30 aos 39, esse número diminui para 86 vezes (uma a duas vezes por semana) e, entre os 40 e os 49, são 69 vezes (pouco mais de uma vez por semana).

Além da idade, outros fatores também contam para o resultado como estilo de vida, saúde, desejo sexual e, é claro, o estado civil.

 Entre os casados, 34% fazem sexo entre 2 e 3 vezes por semana, 45% apenas algumas vezes por mês e 13% disseram transar somente algumas vezes por ano.

“O que podemos concluir a partir desses estudos é que, à medida que envelhecemos, nossas chances de desenvolver condições de saúde crônicas aumentam. Isso, por sua vez, afeta negativamente a frequência e a qualidade da atividade sexual”, explicou Justin Lehmiller, um dos realizadores do estudo.

No ano passado, um estudo realizado pelo Projeto Sexualidade (ProSex), da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, revelou números parecidos. Entre os brasileiros de 18 a 70 anos, a média constatada foi de 2,9 relações sexuais por semana.

Fonte:http://www.em.com.br/app/noticia/nacional/2017/08/21/interna_nacional,893810/estudo-revela-frequencia-de-relacoes-sexuais-por-faixa-etaria.shtml

Falhas na memória podem ser importantes para funcionamento do cérebro, diz estudo

Mulher com post it na testa
GETTY IMAGES – Esquecer informações seria importante para processo de tomada de decisões

Qual foi o ganhador do Oscar de Melhor Filme em 1972?*

Se você acertou de primeira, sem apelar para o Google, parabéns. Mas poderia ser melhor não ter lembrado: um estudo de cientistas canadenses sugere que o esquecimento pode ser importante para a manutenção da memória.

O argumento é que “deletar” informações irrelevantes ajuda o cérebro a se concentrar em aspectos que possam ajudar a tomada de decisões no dia a dia.

“O verdadeiro papel da memória é otimizar o processo decisório”, diz Blake Richards, cientista da Universidade de Toronto e principal autor do novo trabalho.

 

Leia mais no Link http://www.bbc.com/portuguese/geral-41011498

Pastor é apontado como chefe de quadrilha que assaltava igrejas

São Paulo – A Polícia Civil de Cubatão, no litoral de São Paulo, acusa o pastor Givanildo Borges, da Igreja Mundial do Poder de Deus, de chefiar uma quadrilha de assaltantes que age na região e foi responsável por ao menos nove roubos em templos evangélicos, comércios e residências nos últimos quatro meses. O criminoso é considerado foragido da Justiça.

Pastor Givanildo Borges, da Igreja Mundial do Poder de Deus, é acusado de ser chefe de quadrilha de assaltantesDivulgação/Polícia Civil de São Paulo

Investigadores desmantelaram as ações do bando após a prisão de Felipe Marcolino dos Santos, o Vovô; Roberth Lincoln Barroso Oliveira, o Chuchu, e Guilherme Augusto da Silva Júnior, o Didi, único que permanece na cadeia.

De acordo com informações dos policiais, o grupo agia sempre da mesma forma. O pastor participava do culto e, após o fim da celebração, quando o salão já estava quase vazio, pedia para fazer uma bênção, enquanto acompanhava a movimentação e verificava os detalhes do local, inclusive onde o dízimo era guardado. Do lado de fora, seus comparsas armados aguardavam em um carro.

Borges saía da igreja e passava as informações ao resto do grupo, que entrava para concluir o roubo enquanto o pastor esperava dentro do carro, com o motor ligado. Ele mesmo dirigia o veículo na fuga. Os bandidos rendiam quem estivesse no local, recolhiam o dinheiro das ofertas, smartphones e outros pertences dos fiéis, além de aparelhos de som e instrumentos musicais dos templos.

Um dos locais assaltados é a sede da Igreja Mundial do Poder de Deus da qual Givanildo Borges fazia parte, na Vila dos Pescadores, onde usava um quarto como moradia.

O bando também praticou o crime em cinco unidades da Igreja Universal do Reino de Deus, entre abril e maio, em Santos, Mongaguá, Peruíbe, Guarujá e em Cubatão, todas no litoral paulista, além São Roque, no interior.

No quarto do pastor os policiais encontraram cinco notebooks que foram roubados de um estabelecimento em Santos, no bairro da Vila Belmiro, que vende e faz assistência técnica em aparelhos eletroeletrônicos. O grupo assaltou ainda uma casa em Bertioga, de onde levou uma pistola calibre 380.

 

Fonte: http://odia.ig.com.br/brasil/2017-08-22/pastor-e-apontado-como-chefe-de-quadrilha-que-assaltava-igrejas.html

RENAN SOBE NO PALANQUE DE LULA E ENSAIA ALIANÇA PARA ELEIÇÃO DE 2018

Alagoas 247 – No primeiro evento em Alagoas, o ex-presidente Lula subiu no palanque ao lado do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e do governador Renan Filho.

Em sua fala, Renan criticou Michel Temer por cortar recursos do Bolsa-Família. “O governo do Lula é o governo do povo, para o povo. Diferente do governo atual, que vai elevar o rombo para R$ 150 bilhões, cortando recursos para o Bolsa Família”, disse Renan.

“Lula consagrou os avanços sociais dos últimos tempos no nosso país e elevou o Brasil à condições ade um país que melhorou a vida de seu povo. O governo do Lula é um governo do povo e para o povo, e o Brasil experimentou os seus resultados”, acrescentou o senador do PMDB.

Lula elogiou a atuação do senador.”Durante os oito anos de meu governo tive divergências com o senador Renan Calheiros, mas ele sempre me ajudou a aprovar o que é bom para o povo”, disse Lula. “Cumprimento Renan pela dignidade no Senado contra as reformas que este governo está propondo é que são a destruição de um século de direitos”, acrescentou.

O encontro entre Lula e Renan é primeira evidência de uma aliança entre o ex-presidente e políticos de partidos conservadores insatisfeitos com os rumos do País.

 

Fonte: https://www.brasil247.com/pt/247/alagoas247/313228/Renan-sobe-no-palanque-de-Lula-e-ensaia-alian%C3%A7a.htm

DELAÇÃO DE FUNARO É ÚLTIMA CARTADA DE JANOT NA 2ª DENÚNCIA CONTRA TEMER

247 – O corretor Lúcio Bolonha Funaro assinou um acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República no qual vai detalhar sua atuação como operador financeiro do PMDB da Câmara dos Deputados. O grupo político é liderado por e Michel Temer e tem como principais integrantes os atuais e ex-ministros Eliseu Padilha, Moreira Franco, Geddel Vieira Lima e Henrique Eduardo Alves,

As revelações de Funaro serão utilizadas nas denúncias contra Temer que Rodrigo Janot deve oferecer antes de deixar a Procuradoria. Denunciado por corrupção passiva, Temer é investigado ainda em inquéritos que apuram os crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. Nos dois casos o corretor de contribuir com informações.

Os temas dos anexos entregues por Funaro foram aceitos por Janot e a partir desta semana ele inicia uma rodada de depoimentos aos procuradores da Lava Jato. Para facilitar a logística, o corretor novamente deixou o Complexo Penitenciário da Papuda e está Superintendência da Polícia Federal em Brasília.

Funaro promete explicar os investigadores como o PMDB da Câmara atuava em órgãos públicos sob o controle de seus integrantes. O corretor foi alvo de duas operações, a Sépsis e a Cui Bono?. A primeira apura sua atuação no Fundo de Investimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o Fi-FGTS, e a segunda mira sua influência na vice-presidência de pessoas jurídica das Caixa durante a gestão de Geddel Vieira Lima.

Estão na mira dessas duas investigações grandes grupos econômicos como a holding J&F dos irmãos Joesley e Wesley Batista, e as empresas da família Constantino, dono da Gol Linas Aéreas.

Só do Grupo J&F, segundo planilha entregue por Joesley Batista em sua delação, Funaro recebeu cerca de R$ 170 milhões nos últimos 12 anos. À Lava Jato o corretor irá explicar quais políticos participaram dos esquemas que resultaram nesses pagamentos e qual a participação do presidente Michel Temer.

Outro tema a ser abordado será a veracidade das afirmações de Joesley à Temer em conversa gravada pelo empresário no Palácio do Jaburu. Batista disse que continuou efetuado pagamentos ao corretor mesmo após sua prisão para evitar que ele partisse para uma delação – um deles para sua irmã Roberta foi interceptado em ação controlada da PF.

As informações são de reportagem de Fabio Serapião, Beatriz Bulla e Fábio Fabrini no Estado de S.Paulo.

 

Fonte:https://www.brasil247.com/pt/247/poder/313271/Dela%C3%A7%C3%A3o-de-Funaro-%C3%A9-%C3%BAltima-cartada-de-Janot-na-2%C2%AA-den%C3%BAncia-contra-Temer.htm

Câmara inicia votação da PEC que cria fundo eleitoral e distritão

câmara
Câmara: a expectativa é que os deputados aprovem apenas o texto-base nesta terça (Ueslei Marcelino/Reuters)

Brasília – Mesmo sem acordo, o plenário da Câmara deu início na noite desta terça-feira, 22, à votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que pode alterar o sistema eleitoral e permitir a criação de um fundo público para financiamento de campanha.

Os dois temas são polêmicos e não há consenso entre os deputados sobre a adoção do chamado distritão, sistema onde os candidatos mais votados são eleitos, e a criação de um fundo abastecido com dinheiro público para bancar as campanhas eleitorais em 2018.

A expectativa é que os deputados aprovem apenas o texto-base nesta terça-feira e deixem para discutir esses dois temas mais polêmicos amanhã.

Além do distritão e do fundo, a PEC também prevê um mandato de dez anos para ministros de cortes superiores, como o Supremo Tribunal Federal, e altera a data da posse do presidente da República e governadores.

 

Fonte:http://exame.abril.com.br/brasil/camara-inicia-votacao-da-pec-que-cria-fundo-eleitoral-e-distritao/

STJ mantém prisão de assessores do governador do RN para conclusão de análise de cheques apreendidos

Robinson Faria, governador do RN (Foto: Canindé Soares)
Robinson Faria, governador do RN (Foto: Canindé Soares)

O Superior Tribunal de Justiça prorrogou, por mais cinco dias, a prisão temporária de Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis. Os dois assessores do governador Robinson Faria (PSD) estão detidos desde a Operação Anteros, deflagrada pela Polícia Federal no dia 15 de agosto passado. A decisão do STJ se justifica na argumentação do Ministério Público Federal e da própria PF de que há necessidade de ouvir Magaly e Adelson sobre as provas coletadas durante os mandados de busca e apreensão, entre elas cheques assinados pelo chefe do Executivo.

Com a decisão, a prisão que acabaria neste domingo (20) vale por mais cinco dias, ou seja, até sexta-feira (25).

No pedido de prorrogação da prisão, a Procuradoria Geral da República e a PF afirmam que as provas colhidas durante a Operação Anteros ainda estão sendo analisadas. São smartphones, HD e pendrives, além de planilhas, tabelas e dos cheques, que ainda estão com os peritos.

Como o trabalho está em curso, MPF e PF querem tempo para interrogar Magaly Cristina e Adelson Reis sobre o material, sem “pressões ou injunções”. A manutenção da prisão evita, ainda de acordo com a acusação, a possibilidade de os dois se comunicarem e combinem depoimentos.

O Ministério Público Federal, através do Procurador-Geral da República Rodrigo Janot, se manifesta pedindo a prorrogação da prisão citando os cheques do governador.

“Permanece assente, então, a necessidade de guarnecer a instrução deste Inquérito, já que a coleta da prova oral ainda não se encerrou, já que urge confrontá-la com os achados da busca e apreensão, que incluem, como se disse, conversas por aplicativo telefônico; arquivos contendo tabelas; cheques com a assinatura do governador Robinson Mesquita de Faria e, isso, tudo, gize-se, livre da espécie de interferência que as conversas interceptadas com autorização desse Juízo indicaram que o mandatário estadual costuma articular”, alega Janot.

Fonte: http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/stj-mantem-prisao-de-assessores-do-governador-do-rn-para-conclusao-de-analise-de-cheques-apreendidos.ghtml